sábado, 30 de junho de 2012

Movimento Espírita no Brasil cresce 65% em apenas uma década


IBGE: com maior rendimento e instrução, espíritas crescem 65% no País em 10 anos

Número de pessoas que se declaram espíritas no Brasil passou de 2,3 milhões em 2000 para 3,8 milhões em 2010


Os resultados do Censo 2010 sobre as religiões seguidas pelos brasileiros, divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicam importante diferença dos espíritas para os demais grupos religiosos.
Segundo a pesquisa, os adeptos do espiritismo possuem as maiores proporções de pessoas com nível superior completo (31,5%) e taxa de alfabetização (98,6%), além das menores percentagens de indivíduos sem instrução (1,8%) e com ensino fundamental incompleto (15,0%).
O espiritismo também foi uma das religiões que apresentaram crescimento (65%) desde o Censo realizado em 2000: passaram de 1,3% da população (2,3 milhões) em 2000 para 2% em 2010 (3,8 milhões).
AE
Chico Xavier foi um dos mais importantes divulgadores do espiritismo no Brasil
O aumento mais expressivo entre os espíritas foi observado no Sudeste, cuja proporção passou de 2% para 3,1% entre 2000 e 2010, um aumento de mais de 1 milhão de pessoas (de 1,4 milhão em 2000 para 2,5 milhões em 2010). O Estado com maior proporção de espíritas era o Rio de Janeiro (4,0%), seguido de São Paulo (3,3%), Minas Gerais (2,1%) e Espírito Santo (1,0%).
Também na posição mais alta quando se analisa rendimento, 19,7% dos espíritas se declararam no grupo das pessoas com rendimento acima de 5 salários mínimos.
O Censo 2010 mostrou também que no segmento populacional que se declarou espírita, 68,7% eram brancos, percentual bem mais elevado que a participação deste grupo de cor ou raça no conjunto da população.

A música favorita de Chico Xavier


Divaldo Franco homenageia Chico Xavier

Palestra de Divaldo Pereira Franco em homenagem a Francisco Cândido Xavier, na abertura do 3º Congresso Espírita Brasileiro, em 2010, que, na ocasião, celebrava o centenário de nascimento do médium espírita.

Parte 1:


Parte 2:

sexta-feira, 29 de junho de 2012

10 anos do desencarne de Chico Xavier


Neste sábado, 30 de junho, completa-se uma década do desencarne do querido e inesquecível médium espírita Chico Xavier -- um homem chamado humildade.
Há dez anos, enquanto todo o Brasil comemorava a conquista da quinta taça da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira de futebol, de Uberaba, Minas Gerais, partia o iluminado Espírito em regresso à pátria espiritual, deixando um legado de amor e caridade para toda a humanidade.
Sua contribuição ao Espiritismo não pode ser mensurada e só cresce. Havia um previsão comum de que sua morte levaria a Doutrina Espírita ao esquecimento; o que se vê é uma crescente e substancial aceitação dos conceitos kardecistas, comprovada pela demanda cada vez maior de assistidos nas casas espíritas e na volumosa produção de livros e mídias de estudo e divulgação do Espiritismo.
Tudo isso nos faz crer que muito temos que agradecer ao Chico.
A Chico Xavier, a Equipe Luz Espírita emana um fraternal abraço.
Obrigado, Chico!


"O aborto, o abandono e a roda dos séculos" por Marcus Braga


O aborto, o abandono e
a roda dos séculos

Por: MARCUS VINICIUS DE AZEVEDO BRAGA
Brasília, DF (Brasil)

 
Originada na Itália, durante a Idade Média, a Roda dos expostos era um  engenhoso mecanismo  que permitia a entrega de uma criança para ser criada pela Igreja, sem a identificação visual do depositante. Surgida da preocupação desses religiosos com o grande número de bebês jogados na rua, que pereciam de frio, fome e pelo ataque de cães, caracteriza-se a roda como um sistema de proteção à criança abandonada, e, ainda que pareça pela sua descrição uma coisa bárbara, teve a sua gênese na preocupação cristã com o próximo. 
Brasília, Capital federal, primeira quinzena de janeiro do ano de 2012. No mundo de Ipads, partículas subatômicas e viagens espaciais, mais uma vez os periódicos estampam, para a surpresa reiterada dos leitores, uma criança recém-nascida abandonada em uma bolsa de mercado nas cercanias do comércio, sendo encontrada por transeuntes no plano piloto. Passados mais de 500 anos da Roda dos expostos, agora extinta, a problemática de abandono de bebês ainda continua pungente na sociedade, encontrando soluções tão bárbaras como na Idade Média, repetindo a vida na roda dos séculos.
A Roda dos expostos, o aborto induzido por medicamentos caseiros, o abandono em vias de circulação, a interrupção da gravidez em clínicas de luxo... Todas essas medidas são soluções encontradas no decorrer da história da humanidade para uma questão subjacente, pouco lembrada na lamentação dessas situações hediondas, que é a gravidez indesejada, oriunda do ato sexual irresponsável.
A solução de abandono, de homicídio contra o indefeso, a venda de crianças, entre outros, são soluções encontradas para sanar a vergonha e fugir à responsabilidade, causa originária desses efeitos, pois a lógica nos indica que, dado o sofrimento inerente a todas essas soluções, raros engravidariam lucidamente somente com o propósito de abortar ou abandonar seu filho ao relento.
Assim, impossível dissociar o fenômeno do abandono de bebês e do aborto delituoso da questão das relações adúlteras, das paixões ocultas, do abandono da responsabilidade paterna, do planejamento familiar, da falta de amparo da sociedade e da família e, ainda, do desejo egoístico de conforto e liberdade.
Discutir os crimes-efeitos sem analisar as causas é não avançar sobre formas efetivas de reduzir essas situações, que permeiam a sociedade desde antes da Idade Média, em uma roda de soluções mais ou menos cruéis de problemas que se perpetuam, sendo que algumas delas desrespeitam o direito à vida do Espírito encarnante, gerando débitos nas reencarnações como pais e filhos.
Da mesma forma que surgem os algozes das soluções fáceis e ocultas, curiosamente nós mesmos hostilizamos as mães solteiras, heroínas desconhecidas (BARCELOS, 1995) e os raros, mas presentes, pais solteiros, que abraçaram diante da gravidez soluções dignas, mas trabalhosas, oferecendo ao irmão a oportunidade bendita da reencarnação, mostrando no plano concreto que caminhos diversos são possíveis.
Chico Xavier (1972) nos fala da importância do planejamento familiar de  acordo com as possibilidades econômicas do casal, como solução honrosa para os problemas do aborto e do abandono, ainda que o planejamento familiar deva ser sempre sopesado em uma tabela de valores em que a espiritualidade se sobreponha ao conforto, para que não troquemos filhos por eletrodomésticos.
Da mesma forma, as mudanças de parceiros e os ritmos ciclópicos nas relações, presentes na história da humanidade, ainda que a família sempre tenha fulgurado como mecanismo equilibrador, não pode penalizar um terceiro que não pode se defender (ANGELIS, 1992), como um complicador de relações já complexas, olvidando que a consciência deve dirigir a conduta sexual de cada indivíduo (ANGELIS, 1990), e que isso implica pensar nas consequências, mas também responder por elas, diante do parceiro e do Espírito reencarnante, na indissociável relação liberdade-responsabilidade.
Chocamo-nos com as estatísticas abortivas listadas nos periódicos e ainda nos melindramos com mães que abandonam seus filhos pelas esquinas, revivendo o espanto de problemas que atravessam os séculos, pelo matiz de sua crueldade, incomodando a opinião pública que dela toma conhecimento.
Entretanto, o processo de gestação originário dessas crueldades é fruto de promessas, irresponsabilidades, transgressões morais e inversões de valores que, conduzidos a situações extremas, pela fraqueza dos espíritos, resultam em decisões desastrosas de indivíduos, com consequências gravíssimas.
Os algozes ocultos da infância, ainda que observados pela justiça divina, por vezes não sofrem a hostilização dos que assumem filhos fora do casamento ou dos que enfrentam o desafio da maternidade solitária, na contradição da condenação dos que optam pela vida, ignorando a opinião pública a miríade de problemas que cada criatura humana carrega no campo da sexualidade, no estágio evolutivo em que nos encontramos.
Sem mergulharmos na essência dessa questão, iludidos pelas aparências dos efeitos, não perceberemos os pontos de inflexão e as responsabilidades nesse processo, debulhando-nos em lágrimas a cada telejornal, para depois nos divertirmos com os escândalos sexuais das telenovelas, não efetuando a associação necessária das situações execradas do aborto e do abandono com uma questão maior, e nem por isso menos complexa, que é a sexualidade, a ser trabalhada não na proibição, mas na educação, pelas sábias palavras de Emmanuel (1994).

Referências bibliográficas:
ÂNGELIS, Joanna de (Espírito). O Homem Integral/Psicografia de Divaldo Pereira Franco. Salvador: Livraria Espírita Alvorada, 1990.
ÂNGELIS, Joanna de (Espírito). Após a tempestade/Psicografia de Divaldo Pereira Franco. Salvador: Livraria Espírita Alvorada, 1992.
BARCELOS, Walter. Sexo e evolução. Rio de Janeiro: Editora FEB, 1995.
EMMANUEL (Espírito). Vida e sexo/ Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Rio de Janeiro: Editora FEB, 1994.
XAVIER, Francisco Cândido. Chico Xavier. Dos Hippies aos problemas do mundo.São Paulo: Editora LAKE, 1972.

Fonte: O Consolador.


quarta-feira, 27 de junho de 2012

Novo livro online: "CIDADE NO ALÉM'

Contato Luz Espírita

Tem novidade em nossa Sala de Leitura:

SEMENTE NA MENTECIDADE NO ALÉM
pelos Espíritos André Luiz e Lucius
Heigorina Cunha e Francisco Cândido Xavier
Um pequeno esboço literal e ilustrado sobre a famosa colônia espiritual Nosso Lar, situada sobre a Cidade do Rio de Janeiro.
Para a argumentação, o livro se vale de outras fontes, como as consagradas obras de André Luiz.
Já os desenhos, com detalhes da cidade espiritual, foram esboçados pela autora após excursões em desdobramento pelo sono, além da inspiração das entidades que acompanharam a produção deste livro.
Muito bom saber mais dos pormenores de Nosso Lar, assim como ver as gravuras representativas desta que é uma das moradas da casa do nosso Pai celestial.



Clique aqui para acessar o livro online ou para baixar o arquivo PDF (formato de livro digital).



terça-feira, 26 de junho de 2012

Eventos Espíritas - programe-se e participe!

Eventos EspíritasPrograme-se e participe dos eventos do Movimento Espírita, prestigiando e divulgando a nossa querida Doutrina.
Veja a lista completa na página Eventos Espíritas.
























sábado, 23 de junho de 2012

Encontro Online Luz Espírita com Ilson Forner: "Cidades do Além"



Para esta terça, 26 de junho, a Equipe Luz Espírita convida a todos para participar da palestra "Cidades do Além" com Ilson Forner (Núcleo Espírita A Caminho da Luz). Esta mesma exposição estava prevista para a terça passada, mas, devido problemas técnicos, não foi possível o referido palestrante apresentá-la naquela ocasião.
Venha participar conosco e trazer a sua opinião.

Entrar na Sala LuzEspiritaClique aqui e saiba como fazer parte desse encontro e como contribuir com suas ideias.

Encontro Online

quinta-feira, 21 de junho de 2012

"A lógica da reencarnação" com Cosme Massi


A lei de Reencarnação não é uma invenção espírita, não é um dogma de fé e nem uma construção mística, mas sim, um princípio elementar da organização da Natureza, que obedece a critérios como lei de causa e efeito, justiça, sabedoria e bondade de Deus.
É sobre essa temática que o orador espírita Cosme Massi disserta nessa maravilhosa palestra "A lógica da reencarnação"; uma verdadeira aula de filosofia espírita.
Acompanhe:


Clique aqui para mais conteúdo de estudo e divulgação do Espiritismo.


"O aborto, o abandono e a rota dos séculos" por Marcus Vinicius de Azevedo Braga

Recebemos a indicação do artigo a seguir e julgamos interessante dividir com todos, para nossa reflexão.



O aborto, o abandono e
a roda dos séculos
 
Originada na Itália, durante a Idade Média, a Roda dos expostos era um  engenhoso mecanismo  que permitia a entrega de uma criança para ser criada pela Igreja, sem a identificação visual do depositante. Surgida da preocupação desses religiosos com o grande número de bebês jogados na rua, que pereciam de frio, fome e pelo ataque de cães, caracteriza-se a roda como um sistema de proteção à criança abandonada, e, ainda que pareça pela sua descrição uma coisa bárbara, teve a sua gênese na preocupação cristã com o próximo. 
Brasília, Capital federal, primeira quinzena de janeiro do ano de 2012. No mundo de Ipads, partículas subatômicas e viagens espaciais, mais uma vez os periódicos estampam, para a surpresa reiterada dos leitores, uma criança recém-nascida abandonada em uma bolsa de mercado nas cercanias do comércio, sendo encontrada por transeuntes no plano piloto. Passados mais de 500 anos da Roda dos expostos, agora extinta, a problemática de abandono de bebês ainda continua pungente na sociedade, encontrando soluções tão bárbaras como na Idade Média, repetindo a vida na roda dos séculos.
A Roda dos expostos, o aborto induzido por medicamentos caseiros, o abandono em vias de circulação, a interrupção da gravidez em clínicas de luxo... Todas essas medidas são soluções encontradas no decorrer da história da humanidade para uma questão subjacente, pouco lembrada na lamentação dessas situações hediondas, que é a gravidez indesejada, oriunda do ato sexual irresponsável.
A solução de abandono, de homicídio contra o indefeso, a venda de crianças, entre outros, são soluções encontradas para sanar a vergonha e fugir à responsabilidade, causa originária desses efeitos, pois a lógica nos indica que, dado o sofrimento inerente a todas essas soluções, raros engravidariam lucidamente somente com o propósito de abortar ou abandonar seu filho ao relento.
Assim, impossível dissociar o fenômeno do abandono de bebês e do aborto delituoso da questão das relações adúlteras, das paixões ocultas, do abandono da responsabilidade paterna, do planejamento familiar, da falta de amparo da sociedade e da família e, ainda, do desejo egoístico de conforto e liberdade.
Discutir os crimes-efeitos sem analisar as causas é não avançar sobre formas efetivas de reduzir essas situações, que permeiam a sociedade desde antes da Idade Média, em uma roda de soluções mais ou menos cruéis de problemas que se perpetuam, sendo que algumas delas desrespeitam o direito à vida do Espírito encarnante, gerando débitos nas reencarnações como pais e filhos.
Da mesma forma que surgem os algozes das soluções fáceis e ocultas, curiosamente nós mesmos hostilizamos as mães solteiras, heroínas desconhecidas (BARCELOS, 1995) e os raros, mas presentes, pais solteiros, que abraçaram diante da gravidez soluções dignas, mas trabalhosas, oferecendo ao irmão a oportunidade bendita da reencarnação, mostrando no plano concreto que caminhos diversos são possíveis.
Chico Xavier (1972) nos fala da importância do planejamento familiar de  acordo com as possibilidades econômicas do casal, como solução honrosa para os problemas do aborto e do abandono, ainda que o planejamento familiar deva ser sempre sopesado em uma tabela de valores em que a espiritualidade se sobreponha ao conforto, para que não troquemos filhos por eletrodomésticos.
Da mesma forma, as mudanças de parceiros e os ritmos ciclópicos nas relações, presentes na história da humanidade, ainda que a família sempre tenha fulgurado como mecanismo equilibrador, não pode penalizar um terceiro que não pode se defender (ANGELIS, 1992), como um complicador de relações já complexas, olvidando que a consciência deve dirigir a conduta sexual de cada indivíduo (ANGELIS, 1990), e que isso implica pensar nas consequências, mas também responder por elas, diante do parceiro e do Espírito reencarnante, na indissociável relação liberdade-responsabilidade.
Chocamo-nos com as estatísticas abortivas listadas nos periódicos e ainda nos melindramos com mães que abandonam seus filhos pelas esquinas, revivendo o espanto de problemas que atravessam os séculos, pelo matiz de sua crueldade, incomodando a opinião pública que dela toma conhecimento.
Entretanto, o processo de gestação originário dessas crueldades é fruto de promessas, irresponsabilidades, transgressões morais e inversões de valores que, conduzidos a situações extremas, pela fraqueza dos espíritos, resultam em decisões desastrosas de indivíduos, com consequências gravíssimas.
Os algozes ocultos da infância, ainda que observados pela justiça divina, por vezes não sofrem a hostilização dos que assumem filhos fora do casamento ou dos que enfrentam o desafio da maternidade solitária, na contradição da condenação dos que optam pela vida, ignorando a opinião pública a miríade de problemas que cada criatura humana carrega no campo da sexualidade, no estágio evolutivo em que nos encontramos.
Sem mergulharmos na essência dessa questão, iludidos pelas aparências dos efeitos, não perceberemos os pontos de inflexão e as responsabilidades nesse processo, debulhando-nos em lágrimas a cada telejornal, para depois nos divertirmos com os escândalos sexuais das telenovelas, não efetuando a associação necessária das situações execradas do aborto e do abandono com uma questão maior, e nem por isso menos complexa, que é a sexualidade, a ser trabalhada não na proibição, mas na educação, pelas sábias palavras de Emmanuel (1994).

Referências bibliográficas:
ÂNGELIS, Joanna de (Espírito). O Homem Integral/Psicografia de Divaldo Pereira Franco. Salvador: Livraria Espírita Alvorada, 1990.
ÂNGELIS, Joanna de (Espírito). Após a tempestade/Psicografia de Divaldo Pereira Franco. Salvador: Livraria Espírita Alvorada, 1992.
BARCELOS, Walter. Sexo e evolução. Rio de Janeiro: Editora FEB, 1995.
EMMANUEL (Espírito). Vida e sexo/ Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Rio de Janeiro: Editora FEB, 1994.
XAVIER, Francisco Cândido. Chico Xavier. Dos Hippies aos problemas do mundo.São Paulo: Editora LAKE, 1972.


Fonte: http://www.oconsolador.com.br/ano6/263/marcus_braga.html


segunda-feira, 18 de junho de 2012

Pesquisa revela poder da energia liberada pelas mãos

Pesquisa revela poder da energia liberada pelas mãos


Energia liberada pelas mãos consegue curar malefícios, afirma pesquisa da USP


A missionária Marta Brisa transmite as técnicas de Johrei em Ana Paula Politi
(Foto: Lucas Mamede/Da Gazeta de Ribeirão)

Um estudo desenvolvido recentemente pela USP (Universidade de São Paulo), em conjunto com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), comprova que a energia liberada pelas mãos tem o poder de curar qualquer tipo de mal estar. O trabalho foi elaborado devido às técnicas manuais já conhecidas na sociedade, caso do Johrei, utilizada pela igreja Messiânica do Brasil e ao mesmo tempo semelhante à de religiões como o espiritismo, que pratica o chamado “passe”.
Todo o processo de desenvolvimento dessa pesquisa nasceu em 2000, como tema de mestrado do pesquisador Ricardo Monezi, na Faculdade de Medicina da USP. Ele teve a iniciativa de investigar quais seriam os possíveis efeitos da prática de imposição das mãos. “Este interesse veio de uma vivência própria, onde o Reiki (técnica) já havia me ajudado, na adolescência, a sair de uma crise de depressão”, afirmou Monezi, que hoje é pesquisador da Unifesp.
Segundo o cientista, durante seu mestrado foram investigado os efeitos da imposição em camundongos, nos quais foi possível observar um notável ganho de potencial das células de defesa contra células que ficam os tumores. “Agora, no meu doutorado que está sendo finalizado na Unifesp, estudamos não apenas os efeitos fisiológicos, mas também os psicológicos”, completou.
A constatação no estudo de que a imposição de mãos libera energia capaz de produzir bem-estar foi possível porque a ciência atual ainda não possui uma precisão exata sobre esse efeitos. “A ciência chama estas energias de ‘energias sutis’, e também considera que o espaço onde elas estão inseridas esteja próximo às frequências eletromagnéticas de baixo nível”, explicou.
As sensações proporcionadas por essas práticas analisadas por Monezi foram a redução da percepção de tensão, do stress e de sintomas relacionados a ansiedade e depressão. “O interessante é que este tipo de imposição oferece a sensação de relaxamento e plenitude. E além de garantir mais energia e disposição.”
Neste estudo do mestrado foram utilizados 60 ratos. Já no doutorado foram avaliados 44 idosos com queixas de stress.
O processo de desenvolvimento para realizar este doutorado foi finalizado no primeiro semestre deste ano. Mas a Unifesp está prestes a iniciar novas investigações a respeito dos efeitos do Reiki e práticas semelhantes a partir de abril do ano que vem.


Fonte:
http://www.rac.com.br/projetos-rac/correio-escola/107097/2011/11/25

Mensagem espírita - "Hoje mais que ontem", de Renato Russo (Espírito)


Na última reunião mediúnica da Equipe Luz Espírita, quarta-feira 13 de junho deste 2012, manifestou-se a entidade espiritual que assina como Renato Russo e, pela mediunidade de Wilton Oliver, ditou a seguinte mensagem:

"HOJE MAIS QUE ONTEM"

Bom olhar o sol nascer além das montanhas
E afastar as sombras pra lá de mim
Bom ver o mar e o céu azul
Num rosto amigo ver Jesus
Bom saber que o amor está aqui

Quantos segredos guardei
E poucas vezes perdoei
Quantos erros esqueci de perdoar
Eu poderia lamentar
Mas prefiro tentar outra vez

                Tudo se renova
                Em espírito e verdade
                Mais justiça, enfim
                Mais amor em mim

Vejo mais fraternidade
Não estamos sós
Na beleza do infinito
Eu estou aqui
Acredite em mim
Simplesmente vivo

Só a verdade me liberta
Eu tenho sede, eu tenho pressa
Eu acredito na promessa
Acredito nas palavras de amor e fé
Meu coração guardas as tuas palavras
Não existe perigo
Tu estás comigo e com meus irmãos

Embora não tenhamos a certeza concreta de que se trata realmente do famoso músico e líder do banda Legião Urbana, publicamos a poesia por julgarmos de interesse comum, pela bela mensagem que traz e a inspiração que desperta.
Tanto é que também a disponibilizamos em vídeo, conforme pode ser conferido pela janela abaixo.


Mais mensagens espíritas aqui.

Curso online - inscrições abertas


Curso on-line de Espiritismo

Aberta inscrições para o nosso curso online E-ES:"Espiritismo - Estudo Sistematizado", uma oportunidade a mais para quem não dispõe de frequentar um curso presencial numa Casa Espírita.
Nosso estudo é tudo via internet e o material didático, bem como todo o curso e certificação, é totalmente gratuito e distribuído por email.
Cada inscrito passa a ser monitorado por voluntários do Portal Luz Espírita, que prestarão apoio na compreensão, tirando dúvidas e mediando um canal de interação com todo a Equipe.
ATENÇÃO: os candidatos admitidos nesta chamada serão relacionados numa lista de espera, para serem chamados pela ordem de inscrição tão logo surjam as vagas disponibilizadas pelos monitores.
Faça sua inscrição enviando uma mensagem para estudo@luzespirita.org.br, preenchendo os seguintes dados:
 
  • NOME
  • DATA DE NASCIMENTO
  • CIDADE E ESTADO (RESIDÊNCIA ATUAL)
  • EMAIL
  • COMO FICOU SABENDO DO CURSO
  • RELIGIÃO OU TENDÊNCIA RELIGIOSA
  • IMPRESSÕES SOBRE O ESPIRITISMO
  • OBJETIVOS COM NOSSO ESTUDO
Lembramos que as vagas são limitadas.
Para mais informações sobre o programa de estudo, consulte a 
página do curso.



sábado, 16 de junho de 2012

Lançamento: "SEMENTE NA MENTE" - Livro espírita

Contato Luz Espírita

Tem novidade na Sala de Leitura do Portal Luz Espírita: livro "SEMENTE NA MENTE", ditado pelos Espíritos da Colônia Recanto de Irmãos, pela mediunidade de Jorge Gonçalves Farias e Rodrigo Felix da Cruz.

SEMENTE NA MENTE
SEMENTE NA MENTE
Espíritos da Colônia Recanto de Irmãos
Jorge G. Farias e Rodrigo Felix da Cruz
Coletânea de preces e poesias ditadas por diversos Espíritos ligados à Colônia Espiritual Recanto de Irmãos, pela mediunidade de Jorge Gonçalves Farias e Rodrigo Felix da Cruz, em trabalhos realizados juntoa à Associação Beneficente Espírita Casa Amiga.
Leitura recomendada para quem deseja um banho de esperança e luz.




Esta obra está inteiramente disponível para você ler online ou baixar o arquivo em PDF (formato de livro digital), com a permissão dos autores.

Clique aqui e confira.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Banco de Áudio e Luz: "Ser ou não ser espírita" por Ery Lopes

Contato Luz Espírita


O nosso Banco de Áudio e Luz traz para todos a palestra "Ser ou não ser espírita? Eis a questão", por Ery Lopes, uma questão, para muitos, espinhosa e polêmica, que diz respeito à identidade (ou falta dela) no movimento espírita atual. Ele disserta sobre tarefas espíritas serem entregues a tarefeiros não espiritas; também sobre a importância ou irrelevância de assumir e se dizer "espírita".
O mesmo palestrante já apresentou esse tema em nosso programa Encontro Online, na edição de 5 deste mês de junho. Agora, oportunizamos a mesma abordagem -- tanto para quem não pôde acompanhar a palestra online, como para quem participou do programa e gostaria de ouvir novamente e aprofundar a reflexão.
Clique aqui e acesse o áudio da palestra "Ser ou não ser espírita? Eis a questão!" com Ery Lopes.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Daniel Siebert no Painel da Música Espírita

Painel da Música Espírita

Tem mais novidades no Painel da Música Espírita: novo intérprete e novas canções espíritas.
O cantor, compositor e instrumentista espírita Daneil Siebert, frequentador do Centro Espírita Bezerra de Menezes, de Balneário Camboriú, Santa Catarina, divide conosco faixas do seu álbum "Fé no futuro", inteiramente de canções com temática espírita, num estilo moderno e agradável.
Confira uma das músicas de Daniel Siebert pela janela abaixo:




Acesse agora mesmo a página de Daniel Siebert no Painel da Música Espírita e confira os seus outros títulos lá dispostos, bem como os contatos deste músico.


Eventos Espíritas: programe-se e participe!

Eventos EspíritasPrograme-se e participe dos eventos do Movimento Espírita, prestigiando e divulgando a nossa querida Doutrina.
Veja a lista completa na página Eventos Espíritas.











terça-feira, 12 de junho de 2012

Videopalestra "Devassando a mediunidade" com Pedro Camilo


A videopalestra "Devassando a mediunidade", com Pedro Camilo, é apresentação de sua obra literária homônima, pela qual o autor faz uma síntese da riquíssima obra da médium Yvonne do Amaral Pereira, que, entre outras preciosidades, legou à literatura espírita o clássico "MEMÓRIAS DE UM SUICIDA", ditado pelo Espírito Camilo Cândido Botelho (outrora encarnado como o célebre escritor português Camilo Castelo Branco). Aliás, nessa palestra, Pedro Camilo tenta quebrar um paradigma no meio espírita, acerca do terrorismo que no meio espírita atual se faz sobre esse livro, pela alegação de que é "forte", afugentando sua leitura.
Sem dúvida, a exposição desse palestrante, nessa videopalestra, traz apontamentos pertinentes para nosso enriquecimento doutrinário.
Não perca!




sexta-feira, 8 de junho de 2012

Nova música espírita: "INDAGAÇÕES" com Caroline Garcia


Depois do sucesso de "VIDAS PASSADAS", a jovem Caroline Garcia agora divide conosco mais uma gravação sua: a canção "INDAGAÇÕES", letra e música de Ery Lopes, que fala da redescoberta espiritual do ser, à Luz do Espiritismo, seguindo a máxima do Evangelho de Jesus.
Confira agora mesmo o videoclipe recém-publicado.



Painel da Música EspíritaAcesse agora mesma a página de Caroline Garcia no Painel da Música Espírita, baixe os arquivos (MP3) e pegue a letra e as cifras (para violão e teclado).



terça-feira, 5 de junho de 2012

Eventos espíritas: programe-se e participe!

Eventos EspíritasPrograme-se e participe dos eventos do Movimento Espírita, prestigiando e divulgando a nossa querida Doutrina.
Veja a lista completa na página Eventos Espíritas. 





Irradiação Fraterna Online - relatório.

Irradiação Fraterna

Quem já participou do Programa de Irradiação Fraterna Online levado ao ar pela Equipe Luz Espírita todas as segundas, às 21h, pelo Paltalk, sabe da relevância desse trabalho de assistência espiritual feito à distância. Por isso, julgamos interessante apresentar um relatório das atividades referentes a essa prestação de serviço, conforme dados apresentados por Julci Severo  que é o coordenador deste programa –, colhidos durante o mês de maio deste 2012.


Programa - Trabalhadores irradiando - Irradiados - Total 
7/5/2012   -  8   -  197  -  205
14/5/2012   -  14   -  191  -  205
21/5/2012   -  11   -  186  -  198
28/5/2012   -  45  -  206  -  217


Total de assistidos com a nossa irradiação = 825

Clique aqui e saiba mais sobre o programa Irradiação Fraterna.

Faça sua contribuição fluídica diária pelo roteiro seguinte:


Novo Encontro Online Luz Espírita com Dra. Anete Guimarães

Uma das mais requisitadas palestrantes espíritas da atualidade, a Dra. Anete Guimarães está agendando com a Equipe Luz Espírita uma participação em uma edição de nossa audioconferência  Encontro Online.
Estamos reservando a data 20 de julho, uma sexta-feira, para esse programa especial, cujo planejamento inicial é que seja de tema livre, a fim de que os participantes possam fazer perguntas à nossa convidada, com enfoque especial nos temas que ela tem trazido através de suas palestras, como a revolucionária "Neuroplasticidade autodirigida"  de uma incalculável repercussão.
O Portal Luz Espírita divulgou a oradora pela primeira vez em maio de 2011, através da videopalestra intitulada "Forças interiores da mudança" (veja aqui), proferida na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Foi uma grande repercussão. Até hoje, uma das postagens mais acessadas neste nosso blog.

A extraordinária aplicação didática da doutora também está presente na videopalestra "O que é mediunidade" que nós também divulgamos aqui (clique aqui para conferir).
E quanto muitos acharam que já haviam visto tudo, ela surpreendeu a todos com mais uma preciosidade: o seminário "Neuroplasticidade autodirigida" (acesse a postagem aqui), que se figura como a quinta postagem mais visitada desta canal "Espiritismo em Movimento".

Em junho de 2011, a Dra. Anete palestrou ao vivo no Encontro Online com a Equipe Luz Espírita, sendo esta a edição de maior audiência da nossa audioconferência, tanto que muitas pessoas não conseguiram entrar na sala, justamente devido a superlotação da conexão.


 

Continue conosco e saiba, a qualquer momento, mais informações sobre a segunda edição da Dra. Anete Guimarães em nosso Encontro Online.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Corpus Christi - Divaldo Pereira Franco explica


Às vésperas do feriadão de Corpus Christi do ano passado, postamos os vídeos do Programa Transição especial com o médium e orador espírita Divaldo Pereira Franco acerca da celebração da eucaristia e tudo no entorno desse dogma católico (ultimamente também bastante difundido em algumas seitas evangélicas), cujo festa principal acontece exatamente no chamada "Dia do corpo de Cristo".
Divaldo Franco reconta a história que deu origem a essa celebração e os pormenores da consagração do ritual de "repartir o corpo e o sangue de Jesus".
Clique aqui para assistir ao programa.