segunda-feira, 30 de novembro de 2009

MUSICOTERAPIA - Mensagem Espírita

Dia 27 de novembro deste ano, Roberto Ferreira (líder do Grupo Vocal União & Harmonia, de S. Bernardo do Campo - SP) recebeu uma mensagem espiritual sobre a proposta da terapia através da Música -- Musicoterapia.
Transcrevemos aqui a íntegra do conteúdo psicografado:

Oh, filhos do Onipotente e irmãos queridos!!! Nós, que vos visitamos neste momento, vos rogamos do fundo do nosso coração, que abram o vosso coração para os momentos felizes que podemos vos proporcionar através das músicas divinas que vos foram e estão sendo passadas pelos “compositores do espaço”!!!

Abri também a vossa alma para os momentos de delícias incríveis que poderemos vos trazer, envolvendo-vos sob o som mavioso das notas musicais.

São estes, momentos de excelsa oportunidade para fazer-vos mais felizes e ligados à espiritualidade do bem, do amor incondicional e divino, da paz celestial que vos procura intensamente para que possais abrir o vosso coração!!!

Não abdiqueis de momentos tão singelos! Não vos envolvais com a energias negativas com que o mal vos tem procurado!!! Abri as vossas asas espirituais para o infinito poder do Criador, pois que elas vos elevarão às alturas intermináveis da vida e da felicidade eternas!!!!

Consagrai-vos ao Cristo Redentor!!! Somai-vos aos grandes Espíritos que já encarnaram neste orbe de revitalização e deixaram suas marcas de amor, humildade, carinho, renúncia, fraternidade e caridade supremas.

Será, meu Deus, que vos falta, ainda, formas de avaliarem as sublimes ações que os grandes mestres com que o Pai Maior vos deu para ensinar-vos a caminhar dentro das Leis Divinas e perfeitas??

Será que vos falta, ainda, algo mais para vos esclarecerdes que só o amor constrói? Que só o amor vos elevará às amplidões celestiais? Que só conseguirão o “céu”, o “paraíso”, quando vos aprimorardes na caminhada em direção à perfeição?

Cá estamos nós, somados aos vossos “Anjos de Guarda” como os batizásseis, lutando intensamente para vos propiciar momentos felizes e de raciocínio lógico!

Cá estamos nós, orando incessantemente para que o Supremo Pai vos acolha, um dia, em seu santuário Divino!!!

Cá estão também os vossos “protetores espirituais” sempre à disposição para vos envolver em momentos de intensa luz, através das mensagens musicais que poderão vos elevar às alturas incomensuráveis deste universo encantador!

E onde estais vós??? Estais esquecendo-vos completamente das grandes oportunidades de vos ligardes alguns momentos por dia, com o Cristo Redivivo, através das canções que vos são presenteadas por aqueles que já viveram entre vós!!!

Por aqueles que, quando na matéria, já deixaram sua marca nas composições anteriores e que hoje, no plano espiritual, mais preparados e envolvidos com o amor Supremo, compõem novas criações, desta vez falando do amor universal, do perdão que traz paz ao coração, da humildade que vos poderá colocar mais perto do Grande Mestre e da vida eterna!!!

Há alguns anos, equipes de “compositores espirituais” como vós os chamais, têm visitado a Terra para trazer-vos suas novas composições, todas elas falando do amor divino, de Jesus, da fraternidade, da paz, do perdão, da caridade.

Portanto, queridos filhos do coração e irmãos em Jesus, nós, vossos amigos espirituais, vos rogamos nesta mensagem fraterna, que possais doar de seu tempo, alguns minutos para a música celestial, pois que vossos ouvidos, vossa mente, vosso coração, vossos órgãos materiais e perispirituais beneficiar-se-ão sobremaneira ao ouvirdes estas obras musicais que só vos farão mais felizes, mais aptos à caridade, ao perdão e à vida eterna!

E quando vos dispuserdes a estar conosco em vossas orações, presenteai-nos com um fundo musical vindo das canções maravilhosas que tendes à vossa disposição. Possais receber-nos com as mensagens gratificantes que o Criador vos coloca à disposição.

Elas vos darão , través de nossa ajuda, condições especiais de cura, revitalização de energias, de equilíbrio psicofísico e de energias vitais para vos colocardes em sintonia com o Eterno.

E vós que decidistes cumprir a missão tão dignificante de divulgar Jesus e seus ensinamentos, através, das músicas espirituais, quando tiverdes os vossos encontros fraternos, não vos esqueçais de abraçar-vos fraternalmente, unificando-vos em uma prece de agradecimento pela missão tão gratificante que o Alto vos permitiu realizar.

E se achardes conveniente, por que não agradecer também à querida irmã de caridade que vos coordena e ampara o trabalho e ao Grande Doutor que tem colocado ao vosso dispor, durante vossos trabalhos na música, uma equipe médica provinda de grandes hospitais espirituais, pois que vós tendes sido premiados com tal oportunidade de levar e divulgar, através da “Musicoterapia Espiritual”, “o Evangelho Musical” que a tantos corações tem atendido e beneficiado nestes tantos anos.

Nós também já tivemos a uma centena de anos, a grande oportunidade de sermos a “ponte” entre a espiritualidade maior e os encarnados, trazendo à Terra, as canções e melodias que a humanidade na época batizou de “música clássica”.

Tínhamos, sim, ainda, os nossos defeitos, as nossas teimosias, o nosso gênio arrogante e orgulhoso. Porém, mesmo assim, foi-nos dada a oportunidade de melhora, através das composições das quais fomos intermediários e com as quais apaziguamos um pouco o nosso coração arvorado de reconhecimento e de aplausos.

Hoje, o tempo nos fez ver melhor a obra que aí deixamos e, com ela nos sintonizamos ao ponto de nos deixarmos elevar, volitar em direção à Luz Divina. Mesmo havendo tido o direito de reencarnarmos em Planos mais elevados, não vos esquecemos e continuamos orientando os vossos “compositores do espaço” a fazerem fluir de si, novas obras, desta vez mais edificantes, mais sublimes e com mensagens de fé, esperança, amor cristão e caridade universal.

Sejam felizes!!!!

(de um reles espírito que já passou pela Terra há anos e que deixou pequenas obras das quais foi intérprete, músico e pseudo compositor. Chamem-me de “Irmão”)



domingo, 29 de novembro de 2009

CONFRATERNIZAÇÃO DOS APRENDIZES DO EVANGELHO

Este domingo é dia de confraternização das turmas dos cursos presenciais oferecidos pela nossa Casa A Caminho da Luz. Os que perseveraram por todo esse ano receberão o certificado e se habilitam para ingressar na sequência dos estudos.
Nossos núcleos (o do Jd. Camargo Velho e o do Jd. das Oliveiras) segue o programa didático proposto pela FEESP - Federação Espírita do Estado de São Paulo --, cujo currículo estabelece:
  • Curso Preparatório
  • Básico I
  • Básico II
  • Reforma Íntima
  • Aprendizes do Evangelho I
  • Aprendizes do Evangelho II
  • Educação Mediúnica I
  • Educação Mediúnica II
  • Noções da História da Filosofia
  • Filosofia Espírita
  • Curso para Dirigentes e Membros do Desenvolvimento Prático Mediúnico
As próximas turmas iniciarão seus estudos em fevereiro de 2010 e as inscrições podem ser feitas a partir de janeiro.
Para os que, por uma razão justa, não podem frequentar as aulas presenciais há a opção de estudar conosco no nosso curso on-line de Espiritismo. Para mais informações sobre esse estudo, consulte nosso Portal Luz Espírita.

sábado, 28 de novembro de 2009

SÉRIE SAGRADO

Cada vez mais a Rede Globo vai abrindo espaço para o debate religioso -- debate construtivo, diga-se de passagem.
Em parceria com o Canal Futura, a emissora lançou recentemente a série Sagrado, que vai ao ar de segunda a sexta às 6:05, com reprise semanal aos domingos, abordando temas variados, desde questões religiosas a problemas do cotidiano.
Cada semana é um tema diferente a ser desenvolvido pela ótica de cada religião: Espiritismo, Catolicismo, Islamismo, Budismo, Religião afro-brasileira, Judaísmo e Evangélico Protestante.
Confira como foi a apresentação da Doutrina Espírita na série:


Toda sexta o programa "Mais Você", com Ana Maria Braga, recebe um convidado especial para falar sobre o programa e a determinada religião a que pertence. No vídeo abaixo, você confere a participação do ator Carlos Vereza entrevista Antônio César B. Carvalho, diretor da FEB (Federação Espírita Brasileira).


Visite o site oficial do programa e anote a programação das próximas edições.

PASSE MUSICAL - Ery Lopes & João Lùcio

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

GRUPO REENCONTRO NA RBN

Nossos amigos do Grupo Vocal Reencontro (São Mateus, Capital Paulista) estarão no ar pela Rádio Boa Nova - RBN, emissora espírita, falando de Música, dos 20 anos de grupo, de arte espírita, do nosso site Luz Espírita e coisas afins. Essa participação especial será às 00:00h. do dia 1 de dezembro, pelo programa "Portal da Manhã", apresentado por Nando Garcia.
Esta edição foi gravada no Centro Espírita Bezerra de Menezes do Jd. Helena (Capital paulista), que teve ainda a palestra de Cláudio Palermo, também locutor da RBN.
Prestigiemos nossos amigos.

SALA DE LEITURA

Se você ainda não visitou nossa Sala de Leitura, não perca tempo e acesse agora. Nosso acervo virtual conta com uma valiosíssima coleção de obras clássicas e livros mais recentes.
A Codificação Kardequiana está toda lá, inclusive, com uma versão exclusiva, preparada pela Equipe Luz Espírita "Numa Linguagem Simplificada", para "O LIVRO DOS ESPÍRITOS" e "O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO". Já está em andamento a adaptação de "O LIVRO DOS MÉDIUNS" e o restante das publicações de Allan Kardec serão editadas em breve, vertendo todo o texto para uma linguagem mais fácil de ser lida e compreendida.
Para os iniciantes, sugerimos a leitura de "CONHECENDO O ESPIRITISMO", de Louis Neilmoris: um livro de fácil entendimento, ricamente ilustrado, que fornece uma rápida explicação dos conceitos básicos da Doutrina dos Espíritos.
Enriqueça seus conhecimentos e recobre suas forças para a batalha diária com uma boa leitura.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

SEJA NOSSO DIVULGADOR


Seja um parceiro nosso e divulgue o Portal Luz Espírita, assim como este Blog. Nossa equipe está preparando muitos novidades e breves você terá aqui, em primeira mão, notas de um grande projeto de mídia espírita.

O APLAUSO NA CASA ESPÍRITA

Recebemos por email, achamos muito oportuno e por isso reproduzimos aqui este apontamento:

O aplauso nas Instituições Espíritas

Curioso este título, não? O que tem a ver o aplauso com as instituições espíritas? Será que teremos que aplaudir os palestrantes (após suas exposições) ou os médiuns (após alguma atividade)?
Nada disso! Não se trata do “elogio à vaidade”, nem o “afago de egos”. Referimo-nos, isto sim, ao reconhecimento do público aos bons trabalhos de natureza artística que tenham como palco nossos centros.
O quê? Não há apresentações artísticas e literárias, de natureza cultural espírita, na “sua” instituição? Que pena!
Bem que eu já tinha visto preconceito em relação à arte espírita, com gente “torcendo o nariz”, olhando “atravessado”, ou fazendo “cara feia”... Muitas pessoas, infelizmente, ainda consideram o centro um “lugar sagrado”, onde predominam a sisudez, a contrição, o semblante fechado e o cumprimento de “obrigações”. Certos condicionamentos ou paradigmas, assim, criados por uns e alimentados por outros, sem análise e discussão, acabam virando “dogmas” no movimento espírita.
Considerando-se a arte como um “veículo” de difusão das idéias espíritas, as apresentações espíritas devem ocupar os espaços públicos das instituições, não somente nos chamados eventos comemorativos ou especiais, mas no próprio dia-a-dia da seara.
Certo dia, conversando com um velho dirigente, ele me disse que o público que vem a casa, chega cheio de problemas, necessidades e carências, e, desta forma, vem à procura do lenitivo da mensagem (palestra) e do passe. Então, este poderia não “entender direito” se, ao invés de uma palestra “sobre o Evangelho”, houvesse lá na frente um “punhado” de jovens apresentando teatro
Eis a dura e triste realidade.
Os jovens – quase sempre os realizadores das apresentações artísticas, sejam elas cênicas ou musicais – ainda são vistos como um “gueto”. Lutam, árdua e corajosamente, para garimpar espaços. Demoram muito tempo mesmo para obter a valorização do (bom e belo) trabalho que fazem. Todos nós passamos por isto. Em outro artigo que escrevemos, há algum tempo, perguntávamos logo no título: “Serão conservadores os nossos jovens, amanhã?”, como a representar que, na idade madura, nós acabamos minimizando sonhos e lutas, contentando-nos com a rotina ou arriscando-nos muito pouco. Felizes são os que conseguem cultuar o espírito jovem por toda a vida.
O aplauso, assim, é sempre bem-vindo! Algum músico ou ator já disse que ele é o “combustível do espetáculo, do trabalho artístico”, na esteira do que Milton Nascimento sentenciou: “[...] todo artista tem de ir aonde o povo está”. Aplaudir (e sorrir), demonstram satisfação com o resultado, apreensão das idéias, entendimento da mensagem, emoção e sintonia com a proposta. Há, é claro, aplausos mais simples, e outros, mais efusivos. Há os que se levantam da cadeira e gritam: - Bravo! Muito bem! Há os que vão até o “camarim”, a “coxia”, para apertar as mãos dos atores ou músicos, ou os que assistem mais de uma vez o espetáculo ou apresentação. Há os que querem bater fotos com atores e músicos, estes ainda caracterizados ou “uniformizados”. Tudo isto é sinal de simpatia, de reconhecimento da qualidade do trabalho. E, convenhamos, não há dinheiro que pague estas manifestações autênticas e sinceras.
O aplauso, assim, não vai fazer “baixar a vibração”, não vai atrair “espíritos zombeteiros”, não vai tumultuar o ambiente, senhor dirigente! Ele vai, sim, enriquecer ainda mais o processo de interação entre público e artista espírita. Vai, ainda que através de gestos ou linguagem não falada, constituir o próprio processo comunicativo, através da interação, da simbiose, da empatia.
Lembro-me, ainda, de uma confraternização estadual de jovens espíritas, no início da década de noventa. Reunidos, mais de 400 jovens, em cinco dias de trabalho, estudo, confraternização e arte. Uma beleza! Ainda mais, porque realizado em pleno período das festas de Momo, quando, costumeiramente, a juventude bacana dos centros foge do burburinho das festas carnavalescas, buscando o refúgio da confraria espírita-jovem, na alegria, no carinho, na fraternidade. De repente, lá pelo segundo dia de encontro, um dos dirigentes – ainda relativamente jovem – propôs: - Gente, eu queria fazer uma sugestão... Vamos substituir o aplauso, que faz barulho, e às vezes “agride” nossos ouvidos por um “sacudir de mãos”, assim, para o alto... E, mexeu as mãos, simultaneamente, como a sacudi-las, demonstrando como deveria ser o novo “aplauso”. Assim – continuou ele – os grupos que se apresentam sabem que estamos contentes e gostamos do número musical ou teatral e os “espíritos superiores” não ficam aborrecidos com o excesso de barulho que possamos fazer.
Sim, é isto mesmo que você acabou de ler... Os espíritos “superiores” ficam desgostosos porque batemos palmas...
Tais anátemas ficam por aí, se proliferando, virando verdades absolutas, alimentando, mais e mais, o preconceito contra a legítima arte espírita.
Fico a me lembrar de Jesus, que precisou ser enérgico (e ruidoso) em algumas circunstâncias, mas revelou-se manso e pacífico em tantas outras... Há quem revele um Cristo sisudo, compenetrado ao extremo, triste até, nas suas andanças e conversações. Não creio nisto, sinceramente. Basta ver, perto de nós, o exemplo do Chico, que ria, até das suas duras provações e dificuldades. Que sempre era visto – apesar das dores atrozes – sorrindo para todos. Prefiro ficar com a imagem literário-poética de J. J. Benítez, no seu Operação Cavalo de Tróia, nos mostrando um Jesus feliz, até brincalhão, bem-humorado em várias oportunidades, sobretudo em meio às crianças e jovens de seu tempo, não obstante, durante os três anos de andanças de seu ministério de amor, fundando a “Casa do Caminho”, precisasse de toda a concentração e seriedade nos momentos de ensino e prática mediúnica.
Assim devem ser os ambientes espíritas. Sérios no trato e no exercício das faculdades mediúnicas, mas sem perder a graça, a alegria, a jovialidade e a leveza das apresentações artísticas. Como Che, poderíamos repisar: “[...] hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás”, representando que a atividade espírita, eficiente e eficaz, no trato das necessidades humanas, não pode olvidar a alegria e da ternura, formas tão nobres quanto imprescindíveis para a nossa aproximação do outro, no relacionamento interpessoal e no serviço assistencial e doutrinário espíritas.
O aplauso é, por isto mesmo, tão oportuno quanto o silêncio em outros momentos, de concentração e atividade mediúnica, ou o aperto de mãos sincero, o abraço, o beijo, o “muito obrigado”, o “Deus lhe pague”, o “até logo”... Nós é que temos, racionalmente, mas sem esquecer o sentimento, escolher dentre tais manifestações e muitas outras, qual a que melhor se adequa ao nosso momento de atividade.
Desejo-lhes, então, muitos aplausos, sinal de que a mensagem – tão carinhosamente preparada num esquete ou audição – foi bem entendida, e preencheu mente, coração e espírito de quem – encarnado ou desencarnado – teve a felicidade de presenciar.
Marcelo Henrique

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

PALESTRA DE PAULO PIO NO "A CAMINHO DA LUZ"

Domingo, 13 de dezembro, nossa casa A Caminho da Luz (núcleo do Jd. Camargo Velho, São Paulo - SP) receberá a visita de Paulo Pio, coordenador do Centro Espírita Perseverança (da Capital paulista), que fará a palestra do dia expondo o tema "ABC da Reforma Íntima", de acordo com o livro homônimo de sua autoria.
Conheça mais sobre o palestrante acessando seu site aqui.
Conheça também o trabalho do C. E. Perseverança clicando aqui..

Domingo, 13 de dezembro, às 9:30h. Na Associação Espírita "A Caminho da Luz", R. Manoel Rodrigues Santiago, 19 - Jd. Camargo Velho, Itaim Paulista - São Paulo, SP

sábado, 21 de novembro de 2009

GRUPO REENCONTRO - Agenda


O Grupo Vocal Reencontro divulga sua agenda de final de ano e os endereços das Casas que visitará. Programe-se para ouvir Música Espírita de qualidade:

Sábado, 21 de novembro de 2009, 19:30 h.
Centro Espírita Bezerra de Menezes
Cantando na gravação do programa "Portal do Amanhã" da RBN,
com Nando Garcia e Cláudio Palermo.
Rua: Camomila, 375 - Jardim Helena - São Miguel Paulista, pertinho do ponto final do ônibus!
---------------------
Sábado, 28 de novembro de 2009, 18h30 h.
Seara Bendita
Rua: Demóstenes, 834 Campo Belo,São Paulo
(travessa da Av. Vereador José Diniz)
---------------------
Domingo, 29 de novembro de 2009, 10:30 h.
CAPAF - Casa de Apoio e Passagem ANÁLIA FRANCO
Palestra com Plínio Bueno Penteado Jr. e dança artística com Raquel & Daniele.
Rua: Antonio Tadeu, 309 - Guaianazes. São Paulo - SP
---------------------
Sábado, 5 de dezembro de 2009, 19h30 h.
Associação Espírita ALLAN KARDEC
São Mateus - São Paulo
Evangelho Musical com Grupo Vocal Reencontro depois de 18 meses, voltamos a fazer um Evangelho Musical em nossa casa, trabalho que fazemos durante todo o ano nos finais de semana e em 2009, estamos fazendo este trabalho também durante a semana.
Se você gosta de música e de falar e cantar com Jesus, não perca estaremos junto com nosso amigo expositor da Seara Bendita do Campo Belo, Manolo Quesada.
---------------------
Domingo, 6 de dezembro de 2009, 19h00 h.
CEDAMP - Centro Espírita DR.AUGUSTO MILITÃO PACHECO
Com o Tema: A História de Judas Iscariotis a Luz da Doutrina Espírita, estaremos juntos com Robson da mocidade do Allan Kardec de São Mateus esperando vocês!
---------------------
Segunda-feira, 14 de dezembro de 2009, 19h30 h.
Casa do Caminho IRMÃ SHEILLA
Venha cantar com a gente, casa de irmãos queridos onde estaremos cantando no encerramento de turma de cursos de doutrina.
Rua: Pastor Agenor Caldeira Diniz, 495 - Jardim Imperador, São Paulo - SP
---------------------
Domingo, 20 de dezembro de 2009, 09h00 h.
Associação Espírita DR. BEZERRA DE MENEZES - A Caminho da Luz
Rua: Manuel Rodrigues Santiago, 19 travessa da Rua: Tiburcio de Souza
Jd, Camargo Velho - Itaim Paulista, São Paulo - SP


A HORA DA VERDADE - Livro

O casal João Fernandes e Kátia Eli escreveram o livro "A HORA DA VERDADE", um romance espírita e nos remeteram a sinopse, que transcrevemos abaixo:

O livro “A Hora da Verdade” é uma emocionante e envolvente leitura que narra a história de Richard Pamplona, um conceituado advogado, que atravessa uma delicada fase de sua vida familiar: ele sempre se culpou por ser um pai ausente; sua mulher sofre de depressão e vive a base de medicamentos; por fim, ele acaba se envolvendo com Anita, a babá de suas filhas, cujo resultado é uma série de mudanças na vida de todos os envolvidos na trama, e na trágica desencarnação de Anita, que passa a persegui-los querendo o acerto de contas.

Traição, orgulho, sentimento de culpa, vingança, mediunidade e perseguição espiritual fazem parte dessa trama que nos apresenta a realidade da ação espiritual sobre os encarnados, demonstrando as minúcias da lei de causa e efeito, que é uma das leis de Deus.

Para mais Informações e aquisição do livro, escreva para:

katielii42@hotmail.com.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

FIM DE ANO ESPECIAL NO C.E. PAULO DE TARSO

O Centro Espírita PAULO DE TARSO, de Coromandel-MG, nos envio sua programação de final de ano, com muitos conferencistas convidados para abordar temas diversos e de grande interesse público. Confira:

Sexta. 20/11 - Joaquim veloso (de Monte Carmelo): "Orai e vigiai"
Segunda, 23/11 - Virgínia Rosa: "A porta estreita"
Sexta, 27/11 - Simão Pedro (de Patrocínio): "Os objetivos da encarnação"
Sábado, 28/11 - Claudia Valadares (de Patrocínio): "Desenvolvendo afeto no relacionamento"
Segunda, 30/11 - Ernane Borges: "Será lícito abreviar a própria vida?"

Centro Espírita PAULO DE TARSO
Rua Dr. Rubens de Castro, 242 -- Centro
CEP 38550-000 - Coromandel - MG

Mais informações:

PALESTRA E MÚSICA CLÁSSICA NA CASA DO CAMINHO MEIMEI


Nesta sexta-feira, 20 de novembro, a partir das 20:00h. tem encontro especial na Casa do
Caminho MEIMEI, com Palestra e Música Clássica.
A palestra fica por conta do Dr. Plínio B. Penteado Jr., expondo o tema: "Misericórdia para com os prisioneiros".
A cantora soprano Andrea Bien fará a harmonização musical.

A Casa do Caminho MEIMEI fica na:
Rua Bernardino Pantaleão, 20
Vila Ema, São Paulo - SP

PALESTRA ESPÍRITA PÚBLICA


DEUS NEGRO - Neimar de Barros

Maravilhosa poesia composta por Neimar de Barros: "DEUS NEGRO".
Controvérsias doutrinárias à parte, a essência aqui é nos alertar para a questão do preconceito racial e por isso, vale a pena ouvir cada verso.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

O GLOBO PUBLICA VÍDEOS DE LUZ ESPÍRITA



O Globo, jornal de maior circulação no Brasil, publicou em 29/9/2009 uma reportagem especial sobre vídeoaulas no YouTube, o site de vídeos mais famoso do planeta. Entre as coisas mais interessantes garimpadas pelo jornalista Lauro Neto, figuram-se os vídeos produzidos pela Equipe Luz Espírita: "ESPIRITISMO - Vídeoaulas".
Trata-se de uma série de aulas virtuais, abordando os conceitos básicos da Doutrina Espírita, com uma narração sintética e uma sequência de cenas ilustrativas. As vídeoaulas têm por objetivo divulgar a doutrina de uma forma mais prática e agradável para os principiantes, fazendo uso da tecnologia e simplificando os meios de acesso. Até o presente instante, o primeiro vídeo da série já contabiliza mais de 30 mil exibições e quase 200 comentários.

Assista às vídeoaulas clicando aqui.

Para ver a reportagem no site da Globo clique aqui.

Para ler a matéria publicada em PDF clique aqui.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

COLETÂNEA DE MÚSICAS ESPÍRITAS - ESPIRITUALISTAS

Encha-se de luz, consolo e harmonia com músicas que valem a pena escutar enquanto faz o seu trabalho comum.
Então, abra aqui essa lista de músicas espíritas - espiritualistas e clique em Reproduzir todos os vídeos para assistir a todas as canções.
Ou simplesmente, acesse por aqui mesmo (player abaixo).

ORAÇÃO À PÁTRIA BRASILEIRA

Em mensagem psicofônica transmitida pelo médium Divaldo Franco no Centro Espírita "Caminho da Redenção", em Salvador, Bahia, em 16 de novembro de 2005, um dia após o 116º aniversário da Proclamação da República, Deodoro da Fonseca vem reafirmar a destinação histórica do Brasil anunciada por Humberto de Campos, em 1938, através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier."

"Pátria brasileira! Abençoada pela fulgurante luz das estrelas do Cruzeiro do Sul, estás programada pelo Senhor da Vida para que sejas, em futuro não distante, o centro de irradiação do Evangelho restaurado. Enquanto a humanidade sofre a noite terrível que se abate sobre a Terra, e tu experimentas, solo verdejante, a sombra dominadora do descalabro moral dos homens, na Consciência Cósmica que te gerou estão definidos os desafios e rumos para que logres as tuas conquistas em futuro próximo.
Dormem, nas montanhas em que te apóias e na intimidade das águas oceânicas do Atlântico, que te banha de norte a sul, tesouros inimagináveis que te destacarão mais tarde no concerto econômico das grandes nações.
Embora a conspiração deste momento contra as tuas matas grandiosas, sobreviverás às ambições desconcertantes de madeireiros, pecuaristas e agricultores desalmados e dos conciliábulos nefandos que lutam pela destruição da tua Amazônia, que permanecerá como último pulmão da Terra, sustentando a sociedade que hoje se encontra sem rumo. Padeces, na conjuntura atual, a sistemática desagregação dos valores ético-morais, políticos e emocionais, os mesmos que abalam o mundo, mas esses transitórios violadores do dever passarão, enquanto persistirá a tua destinação histórica, Pátria do porvir!
Conseguiste libertar-te da mancha cruel da escravidão em etapas contínuas, que culminaram no gesto audaz da tua filha, que não teve pejo de, na ausência do pai, pôr fim ao abuso da exploração impiedosa do negro, também teu filho, no eito terrível e hediondo da perversidade.
Logo depois, já livre do jugo da pátria-mãe que te humilhava, pondo-te em subalterna situação, aspiraste por vôos mais altos, que um dia se transformaram em liberdades democráticas que sorriam para ti, e o teu pavilhão verde, azul e amarelo tremulou, numa república, que a partir de então podia compartilhar do banquete internacional realizado pelos povos livres da Terra.
É certo que ainda estertoras, neste momento de desafios, quando a cultura cambaleia, a ética desfalece, a moral se perverte e os direitos humanos esquecidos são postos à margem pelos dominadores ignorantes de um dia.
Tu, porém, sobreviverás a toda essa desdita, Brasil! Compreende, neste momento, a desenfreada manobra dos manipuladores da opinião pública e a daq ueles que te dilapidam os valores, transferindo-os para os paraísos fiscais da ignomínia e da insensatez, porque esse hediondo crime contra a tua economia e os milhões de vidas será de duração efêmera. Eles morrerão deixando tudo em contas secretas e em aplicações de que jamais se utilizarão...
Enquanto isso ocorre, gemem no teu solo os filhos da miséria, ocultos nos escombros do abandono. As tuas vielas, ruas e avenidas nos pequenos burgos do interior, nas metrópoles, vêem e sofrem inermes, a desenfreada correria da violência que se atrela ao selvagem potro da morte, dizimando vidas, taladas em pleno alvorecer. Paga, porém, em paciência e compaixão, o preço da tua destinação histórica, na tua condição de futura Pátria da Paz e do Evangelho de Jesus.
Isto passará, e logo depois da noite de sombra, uma aurora de esperanças irá colocar-te no lugar que te está reservado, quando poderás oferecer lições de misericórdia e de solidariedade ao mundo que não perdoa, tu que te apresentas em forma de um grande coração simbolizando a afabilidade e a doçura.
Oro por ti, Brasil, e por vós, brasileiras e brasileiros, na condição de filho que também sou da terra iluminada pela constelação do Cruzeiro do Sul.
Deodoro da Fonseca

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

PSICOPICTOGRAFIA - Pintura Mediúnica



CARTAS CONSOLADORAS

Dias 18 e 19 de dezembro teremos em nossa Centro A Caminho da Luz (Itaim Paulista, São Paulo - SP) mais uma edição do trabalho de "Cartas Consoladoras" -- Sessão especial de Psicografia com o médium Rogério H. Leite.
Devido a grande demanda, a quantidade de assistidos é limitada e as senhas serão distribuídas na sexta, dia 18, por ocasião da palestra do médium, a partir das 17:30h. Os trabalhos de entrevista e psicografia serão realizados no sábado, 19 de dezembro, a partir das 7:00h.
Para mais informações, como chegar no nosso endereço, acesse a página do nosso Centro Espírita.
Você também pode entrar em contato direto com Rogério H. Leite e obter a agenda completa dos eventos do médium através do site Cartas Consoladoras.

domingo, 15 de novembro de 2009

ARTE DA ESCUTATÓRIA

Reproduzimos aqui uma excelente mensagem que recebemos, por sua originalidade e propósito:

ESCUTATÓRIA
Por: Rubem Alves

Sempre vejo anunciados cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória.
Todo mundo quer aprender a falar... Ninguém quer aprender a ouvir.
Pensei em oferecer um curso de escutatória, mas acho que ninguém vai se matricular.
Escutar é complicado e sutil.
Diz Alberto Caeiro que... Não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Filosofia é um monte de idéias, dentro da cabeça, sobre como são as coisas.
Para se ver, é preciso que a cabeça esteja vazia.
Parafraseio o Alberto Caeiro:
Não é bastante ter ouvidos para ouvir o que é dito.
É preciso também que haja silêncio dentro da alma.
Daí a dificuldade:
A gente não agüenta ouvir o que o outro diz sem logo dar um palpite melhor...
Sem misturar o que ele diz com aquilo que a gente tem a dizer.
Como se aquilo que ele diz não fosse digno de descansada consideração...
E precisasse ser complementado por aquilo que a gente tem a dizer, que é muito melhor.
Nossa incapacidade de ouvir é a manifestação mais constante e sutil de nossa arrogância e vaidade.
No fundo, somos os mais bonitos...
Tenho um velho amigo, Jovelino, que se mudou para os Estados Unidos estimulado pela revolução de 64.
Contou-me de sua experiência com os índios: Reunidos os participantes, ninguém fala.
Há um longo, longo silêncio.
Vejam a semelhança...
Os pianistas, por exemplo, antes de iniciar o concerto, diante do piano, ficam assentados em silêncio...
Abrindo vazios de silêncio... Expulsando todas as idéias estranhas.
Todos em silêncio, à espera do pensamento essencial. Aí, de repente, alguém fala.
Curto. Todos ouvem. Terminada a fala, novo silêncio.
Falar logo em seguida seria um grande desrespeito, pois o outro falou os seus pensamentos...
Pensamentos que ele julgava essenciais.
São-me estranhos. É preciso tempo para entender o que o outro falou.
Se eu falar logo a seguir... São duas as possibilidades.
Primeira: Fiquei em silêncio só por delicadeza.
Na verdade, não ouvi o que você falou.
Enquanto você falava, eu pensava nas coisas que iria falar quando você terminasse sua (tola) fala.
Falo como se você não tivesse falado.
Segunda: Ouvi o que você falou. Mas, isso que você falou como novidade eu já pensei há muito tempo.
É coisa velha para mim. Tanto que nem preciso pensar sobre o que você falou.
Em ambos os casos, estou chamando o outro de tolo. O que é pior que uma bofetada.
O longo silêncio quer dizer: Estou ponderando cuidadosamente tudo aquilo que você falou.
E, assim vai a reunião.
Não basta o silêncio de fora. É preciso silêncio dentro. Ausência de pensamentos.
E aí, quando se faz o silêncio dentro, a gente começa a ouvir coisas que não ouvia.
Eu comecei a ouvir.
Fernando Pessoa conhecia a experiência...
E, se referia a algo que se ouve nos interstícios das palavras... No lugar onde não há palavras.
A música acontece no silêncio. A alma é uma catedral submersa.
No fundo do mar - quem faz mergulho sabe - a boca fica fechada. Somos todos olhos e ouvidos.
Aí, livres dos ruídos do falatório e dos saberes da filosofia, ouvimos a melodia que não havia...
Que de tão linda nos faz chorar.
Para mim, Deus é isto: A beleza que se ouve no silêncio.
Daí a importância de saber ouvir os outros: Há beleza mora lá também.
Comunhão é quando a beleza do outro e a beleza da gente se juntam num contraponto.


sábado, 14 de novembro de 2009

MÚSICA VENCEDORA DO 6ª FEME

Se você ainda não teve a oportunidade, conheça a música vencedora da edição deste ano do FEME - Festival de Música Espírita - promovido pelo Centro Espírita MEIMEI, Vila Curuçá, São Paulo - SP.
"A Caminho da Luz" é uma composição de João Lúcius que vale a pena ser apreciada.
O mp3 desta e outras músicas espíritas podem ser baixados a partir da página do Painel da Música Espírita.

RÁDIO FRATERNIDADE

Que tal se encher de vibrações positivas e ricas em conhecimentos?
Pois então, acesse a Rádio Fraternidade e confira a valiosa programação que essa equipe fantástica reserva para você.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

DIA NACIONAL DO ESPIRITISMO

A Câmara Federal aprovou, no dia 6 de novembro, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 291/07, da deputada Gorete Pereira (PR-CE), que institui 18 de abril como o Dia Nacional do Espiritismo. A proposta foi aprovada com parecer favorável relator do texto na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. A autora do projeto lembra que o Brasil é a maior nação espírita da atualidade e que os praticantes brasileiros têm realizado "obras extraordinárias no campo da assistência social", destaca a figura do médium Chico Xavier, segundo ela fundamental para a difusão do Espiritismo no Brasil. A data escolhida é uma homenagem ao dia em que Allan Kardec lançou, em 1857, na França, O Livro dos Espíritos, marco inicial da Doutrina Espírita. O Projeto de Lei tramita agora no Senado Federal.
OBS. Nota da FEB - Federação Espírita Brasileira

SEMINÁRIO MUSICAL BENEFICENTE - BATUIRA


SEMINÁRIO MUSICAL BENEFICENTE DO
CENTRO ESPÍRITA BATUIRA - Sorocaba, SP
Com a participação de:
Paula Zamp, Allan Vilches, Luiz Saegusa, Cláudio Palermo e Moacy Camargo.
Domingo, 29/11/2009, a partir das 15:00h.
Na Ass. Atlética Banco do Brasil (AABB) R. Laura Maiello Kook, 970
Bairro Ipanema das Pedras, Sorocaba - SP
Mapa do local e demais informações: www.batuiranet.com.br

SEXTA-FEIRA 13: NOTAS E MITOS

Para muita gente, hoje, sexta-feira 13, é um dia de azar, por uma combinação de mitos e notas históricas.
A Numerologia (ciência que estudo a simbologia mística dos números) trata o 13 como algo irregular, ultrapassado, exagerado, o que excede ao perfeito, que é representado pelo número 12 (12 signos do zoodíaco, 12 meses, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus, etc.).
Há um mito proveniente dos países nórdicos que conta que, certa vez, houve um banquete especial preparado para os 12 mais importantes deuses, mas uma 13° entidade apareceu: Loki, o deus do mal e da discórdia. No meio dos comes e bebes, este provocou uma terrível briga, resultando na morte de Balder -- o mais simpáticos daqueles deuses. Esta data e todas as repetições dela (toda sexta-feira 13) foram então amaldiçoadas.
O mito acima, em parte, se assemelha ao que ocorreu na Santa Ceia. Aliás, acredita-se que a Paixão de Cristo tenha ocorrido numa sexta-feira 13, já que a Páscoa judaica é comemorada no dia 14 do mês Nissan, segundo o calendário hebraico.
Mas a superstição acerca do "dia do azar" ganhou corpo depois de o rei Felipe IV da França, numa data tal, declarar os Cavaleiros da Ordem dos Templários como hereges. Eles foram caçados, presos, torturados e condenados a morte -- uma demonstração de terror e intolerância brutal.
Outra versão mitológica narra que Friga (que deu origem ao nome frigadag e friday = sexta-feira), que era a deusa do amor e da beleza (versão nórdica para Vênus romana e a Afrodite grega) foi expulsa de sua gente tão logo eles se converteram ao Cristianismo. Friga fora convertida em bruxa e em vingança a esse ato, ela se juntou a outras 11 bruxas e mais o demônio para atormentar a humanidade.
Fora o imaginário popular, na Idade Média, a mediunidade era considerada uma espécie de bruxaria e o Santo Ofício -- o tribunal de inquisição da Igreja Católica -- caçava e queimava viva essas "bruxas", a exemplo do que fez com Joana D'Arc. Há relatos que as feiticeiras eram presas e torturadas diariamente até a data propícia mais próxima (uma sexta-feira 13) para serem jogadas na fogueira do horror.
Vemos que, independentemente da veracidade ou representatividade das crenças místicas, a data foi usada a pretexto para muitas atrocidades. Hoje, no entanto, graças a libertação que a Doutrina Espírita nos proporciona, só temos é fazer desta sexta-feira 13, um dia tão produtivo quanto qualquer outro. Mas vale a oportunidade para refletirmos e reverenciarmos a coragem de quem lutou contra as brasas da intolerância.
Lembrando ainda que, já contamos até o presente instante, doze seguidores do nosso Blog, e que, sem medo nenhum, aguardamos a décima terceira inscrição.


quinta-feira, 12 de novembro de 2009

TV A CAMINHO DA LUZ


Recebemos uma indicação especial do confrade André Luis C. Villar, de Itapira - SP: é a TV A CAMINHO DA LUZ.
O canal on-line exibe gravações de mídias espíritas, como palestras de Richard Simonetti e Carlos A. Bacelli, além de eventos em tempo real.
Nesta sexta, 13 de novembro, às 20:00h, o André participará de uma programação ao vivo e convida a todos para prestigiar.


terça-feira, 10 de novembro de 2009

PALESTRA ESPÍRITA PÚBLICA


ORAÇÃO DO DINHEIRO - INTERPRETAÇÃO

Um dos vídeos mais acessados do nosso Canal Luz Espírita no YouTube, a "Oração do Dinheiro" é também um dos mais recebe comentários, cujo teor varia ao sabor da interpretação de cada um.
A mensagem do Espírito Meimei, psicografada pelo querido Chico Xavier -- e aqui, lida pelo próprio médium -- é uma espécie de prosopopeia, em que o dinheiro se apresenta como o orador, exprimindo a Deus uma prece para que os homens -- que tanto mal juízo fazem do objetivo da riqueza -- o compreendam e façam bom uso dele, o dinheiro.
Ocorre que -- talvez, por uma leitura apressada -- muitos entenderem a mensagem como uma "oração de fazer dinheiro", ou coisa do gênero. Alguns sugerem até a troca do título do vídeo, para não dar azo à ambiguidade -- solicitação a que não pretendemos ceder pelo fato de corresponder ao nome original do texto, que é parte integrante do livro "DIÁLOGO COM DEUS", de Adésio Alves Machado.
"Nasci para fazer o melhor", diz certo trecho do poema, salientando a importância do dinheiro, enquanto ferramenta, imprescindível para a organização coletiva e crescimento individual de cada um, como aliás, fala com muita propriedade "O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO", no Cap. XVI: "Não se pode servir a Deus e a mamon".
Aqui cabe um axioma popular: "Não julgar o livro pela capa", que poderia ser vertido para "não julgar o vídeo pelo título".

domingo, 8 de novembro de 2009

ALLAN KARDEC COLEGA DE KARL MARX?

Uma tese fantástica – e muito substancial – foi levantada aqui no Brasil, pelo pesquisador espírita Clóvis Nunes, um dos mais respeitados especialistas de TCI (TransComunicação Instrumental) no mundo. Diz respeito à identidade de um personagem misterioso que aparece no livro "OBRAS PÓSTUMAS", Allan Kardec: um tal Sr. M.

Na mesma mensagem mediúnica, a 30 de abril de 1856, em que o prof. Rivail recebe o primeiro anúncio de sua grandiosa missão de Codificador Espírita, o rapaz misterioso também é mencionado:

“(...) A ti, M..., a espada que não fere, porém mata; contra tudo o que é, serás tu o primeiro a vir. Ele, Rivail, virá em segundo lugar: é o obreiro que reconstrói o que foi demolido”.

Em seguida, Kardec comenta sobre o Sr. M. nestes termos:

“O Sr. M..., que assistia àquela reunião, era um moço de opiniões radicalíssimas, envolvido nos negócios políticos e obrigado a não se colocar muito em evidência. Acreditando que se tratava de uma próxima subversão, aprestou-se a tomar parte nela e a combinar planos de reforma. Era, aliás, homem brando e inofensivo”.

Eram conceitos marxistas tão fortes que Kardec chega mesmo a submeter o caráter do cavalheiro misterioso à apreciação dos mentores espirituais, ao que toma nota de que o Sr. M. tem boas ideias e que é homem de ação, mas é aconselhado a não se envolver com ele, que seria a personificação de um partido, ligado a terríveis acontecimentos que estariam por vir.

Segundo Clóvis Nunes, o Sr. M. é ninguém menos que Karl Marx, o idealizador da doutrina comunista. Ele seria descrito como uma “espada que não fere” (pacífico e brando, conforme o próprio Kardec menciona), em contraponto ao Partido Comunista, personificado nele, “que mata” a pretexto de uma revolução social positiva. A biografia do filósofo comunista confirma a estadia dele em Paris, em conformidade com as datas de referências em "OBRAS PÓSTUMAS".

Nesse contexto, a espiritualidade preveniu Kardec de que Marx era um revolucionário e suas propostas haveriam de causar grande ruído; que sua ideologia daria azo a uma contraproposta às religiões (“demolir” o sistema de então), para depois o kardecismo (a Doutrina Espírita) cuidaria de “reconstruir”; que Marx estava sob influência de Espíritos levianos que lhe exploram a exaltação – qualidade do fundador do Comunismo também atestada por seus biógrafos.

No clássico “O CAPITAL”, de Marx e Engels, determinada nota menciona o entusiasmo na burguesia europeia com o Espiritismo. Engels chega a lamentar que o colega perca tempo com os eventos, a que intitula de “jogo da mesa dançante”.

Conterrâneo de Divaldo Franco, Clóvis Nunes ganhou notoriedade nacional depois de revelar um segredo católico: o Museu das Almas do Purgatório: depositório que reúne peças comprovando manifestações espíritas no seio da Igreja Católica – lugar trancado a sete chaves pelo Vaticano.

Sobre a aproximação de Allan Kardec e Karl Marx, o pesquisador promete um livro, quem sabe até, com novas informações, fontes e provas.

Para ouvir a palestra em que Clóvis Nunes comenta, em primeira mão, sobre este tema, vide o vídeo a seguir.


BASTIDORES DO FILME CHICO XAVIER

Já está no YouTube um vídeo do Jornal local de MG, afiliada da Rede Globo, contando detalhes da produção do filme Chico Xavier, cujo lançamento está previsto para abril do próximo ano, em comemoração ao centenário de nascimento do querido médium.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

EVANGELHO MUSICAL E DANÇA ARTÍSTICA NA NOSSA CASA

CANÇÃO DE GRATIDÃO - Grupo Reencontro

Já está no ar no Canal Luz Espírita do YouTube o mais novo lançamento da música espírita:
"CANÇÃO DE GRATIDÃO", interpretada pelo Grupo Reencontro.
Uma música que fala das belezas da vida, de esperança e de agradecimento ao nosso Pai Celestial por todas as maravilhas que Ele nos concede.
"CANÇÃO DA GRATIDÃO" é uma versão de Ery Lopes para "I DREAMED A DREAM", um clássico integrante da peça "Les Miserables", de Victor Hugo, que voltou à tona recentemente com a interpretação de Susan Boyle (a caipira britânica que encantou o mundo por ocasião de um show de talentos).
Esta é a primeira gravação oficial do Grupo Reencontro, apesar de seus 20 anos de plena atividade. "Nunca tivemos interesse na comercialização de produtos nossos", afirma José Rubens, um dos cantores do grupo. "Mas com a democratização da mídia, possibilidade de produzir e dispor tudo livremente, resolvemos registrar um pouco do nosso trabalho". -- acrescenta ele.
Confira o videoclipe no YouTube e baixe o MP3 gratuitamente desta e de outros títulos no Painel da Música Espírita.