sábado, 25 de junho de 2022

Série Poesia Espírita: "Trovas de Mãe" pelo Espírito Delfina Benigna da Cunha

Em mais uma edição da série Poesia Espírita (saiba mais clicando aqui), trazemos a todos o reconfortante e sempre oportuno poema "Trovas de Mãe", da autoria do Espírito Delfina Benigna da Cunha, psicografado por Chico Xavier e incluído no clássico Mãe, Antologia Mediúnica, publicado pela Editora O Clarim em 1971.


Delfina Benigna da Cunha foi uma destacada poetisa gaúcha, cuja obra é marcada por um toque especial de sentimento, talvez muito por influência do infortúnio de que foi acometida ainda criança: a cegueira total, resultado de uma epidemia de varíola que afligiu a região. Ela nasceu em São José do Norte - RS em 17 de junho de 1791, numa família de razoável bom estar financeiro e com isso pôde receber uma educação substancial que, apesar de privada da visão, permitiu-lhe desenvolver a arte poética. Aos doze anos já compunha belos poemas, embora seu primeiro livro — Poesias oferecidas às senhoras rio-grandenses  só tenho sido passado pelo prelo em 1834. No ano seguinte ela vai se instalar na Capital do Império, Rio de Janeiro, onde faleceu em 13 de abril de 1857. Mais sobre Delfina na Wikipédia.

Delfina Benigna da Cunha (1891-1857)

Em "Trovas de Mãe", a poetisa, já então na vida espiritual, transmite ao médium Francisco de Cândido Xavier seus versos de efusiva apologia às mães e à vocação maternal, em perfeita sintonia com a obra de quando encarnada. Expressa Delfina: "Mas é preciso saber / o dia que não é delas", levando-nos a pensar que devemos consagrar o reconhecimento e o amor ao valor da maternidade bem além do segundo domingo de mãe, convencionado como o Dia das Mães.

Há que se pedir qualquer outro motivo para conferir este poema? Claro que não. Estamos mais do que satisfeitos e nada pode nos tirar o prazer de ouvir este belo poema, aqui declamado pelo nosso confrade Rogério Miguez, de São José dos Campos.

Confira o poema pela janela abaixo:


Visite também a página oficial da série Poesia Espírita.

E não deixe de compartilhar com seus familiares e amigos e ajudar na divulgação do Espiritismo.

terça-feira, 21 de junho de 2022

Próxima palestra: "Provas e expiações no lar" com Elsa Rossi


Em sequência à nossa série Palestra Espírita Online, no próximo domingo, 26 de junho, a exposição será confiada à nossa amiga Elsa Rossi, que em Londres, Inglaterra, e atua na direção do departamento de Unificação para os Países da Europa, pelo CEI - Conselho Espírita Internacional; também é editora dos dois Boletins desta entidade, além de secretária da British Union of Spiritist Societies (BUSS). Nesta ocasião, ela vai nos falar sobre "Provas e expiações no lar", um tema muito oportuno nestes tempos de pandemia de covid-19.

A palestra começa às 10h (horário oficial de Brasília) deste domingo, portanto, dia 26 de junho, e você pode acompanhar a transmissão pelo canal Luz Espírita no YouTube, inclusive participando em tempo real através do chat vinculado ao vídeo.

E se você perder a edição anterior, veja o vídeo da  palestra "Centro Espírita, escola de almas" com Marcus De Mario, realizada no último domingo, cuja gravação está disponível pela janela a seguir:

Visite também a página oficial do programa Palestra Espírita Online.

E não deixe de compartilhar o programa com amigos e familiares, contribuindo assim com a divulgação do Espiritismo.

 

quarta-feira, 15 de junho de 2022

Especial de Natal de Hebe Camargo com Chico Xavier em 1985

Iniciamos em 11 de fevereiro deste 2022 uma série de publicações sob o lema 20 anos de saudade, em referência à morte de Chico Xavier, o querido médium espírita e humanista falecido em 30 de junho de 2002. Pois bem, entramos no mês exato e estamos bem perto da data de aniversário do retorno do nosso amado confrade à pátria espiritual, pelo que, com satisfação, trazemos mais uma postagem da série, com mais um memorável episódio histórico para nosso movimento espírita envolvendo nosso Chico.

Antes, porém, faz bem lembrarmos que também o aniversário da passagem de Allan Kardec para o mundo dos Espíritos (31 de março) era dia de grande mobilização entre os espíritas franceses das primeiras gerações a fim de promover eventos especiais, inclusive com caravanas ao seu túmulo no cemitério Père Lachaise, em Paris, onde é atração o dólmem em estilo druida construído sob sua sepultura. Mas vamos a mais um momento com Chico Xavier.


Programa especial de Natal Hebe com Chico Xavier

Em dezembro de 1985, a TV Bandeirantes levou ao ar um programa especial de Natal com Chico Xavier, apresentado por Hebe Camargo, cujo vídeo recuperado pelo canal da Band no YouTube nos contempla com cerca de 1 hora daquela entrevista, pela qual Chico, muito à vontade — conquanto constrangido por causa dos elogios à sua pessoa — responde às perguntas da apresentadora, discorrendo assim sobre os mais variados temas, mas sempre trazendo em suas palavras o aroma do amor, da fé e da esperança, os dons divinos que Jesus Cristo lhe inspira.

O programa também contou com a participação da atriz Nair Bello, outra grande celebridade da televisão brasileira do século XX, que deixa um comovente depoimento, ela que era mãe órfã de um filho falecido com apenas vinte anos de idade, filho esse que, então na condição de Espírito desencarnado, ditou uma carta à mãe psicografada exatamente por por Chico.

Ah, como é bom escutar Chico Xavier! Por isso, vale a pena dedicarmos uma horinha do nosso dia para conferir este vídeo, que compartilhamos a seguir:


E não deixe de conferir também o verbete "Chico Xavier" na nossa Enciclopédia Espírita Online.

Próxima palestra: "Centro espírita, escola de almas" com Marcus De Mario

Em sequência à nossa série Palestra Espírita Online, no próximo domingo, 19 de junho, nosso expositor convidado é Marcus De Mario, educador, escritor com 35 livros publicados e palestrante espírita, também coordenador do Grupo Espírita Seara de Luz no Rio de Janeiro e apresentador dos programas "Espiritismo e Educação", "Ante os Novos Tempos" e "O Evangelho em Espírito e Verdade". Para este domingo, o tema é "Centro Espírita, escola de almas".

A palestra começa às 10h (horário oficial de Brasília) deste domingo, portanto, dia 19 de junho, e você pode acompanhar a transmissão pelo canal Luz Espírita no YouTube, inclusive participando em tempo real através do chat vinculado ao vídeo.

E se você perder a edição anterior, veja o vídeo da  palestra "O porvir e o nada" com Arthur Valadares, realizada no último domingo, cuja gravação está disponível pela janela a seguir:

Visite também a página oficial do programa Palestra Espírita Online.

E não deixe de compartilhar o programa com amigos e familiares, contribuindo assim com a divulgação do Espiritismo.

 

terça-feira, 14 de junho de 2022

Sala de Leitura: nova tradução da "Biografia de Allan Kardec" de Henri Sausse


Durante um bom tempo no movimento espírita a obra Biografia de Allan Kardec escrita por Henri Sausse foi a mais antiga e principal referência para se conhecer melhor a vida e a obra do Codificador do Espiritismo. Hoje, com a dinamização da informação via internet, dispomos de muitos recursos para uma pesquisa mais apurada, pelo que nós sabemos que a aquela biografia contém dados e comentários que carecem de uma melhor apreciação, e nalguns casos estamos certos de que determinados dados precisam ser mesmo corrigidos. Mas isso não tira o prestígio do trabalho de Sausse, nem a utilidade desse livro, porque, dentre outras coisas, serve de referência histórica para acompanharmos a própria evolução das biografias kardequianas. Por conta disso, estamos apresentando aos nossos confrades e demais estudiosos da Historiografia do Espiritismo, uma nova tradução para a referida obra.


A composição em francês Biographie d'Allan Kardec foi elaborada em 1896 como texto-base para uma palestra a ser proferida por por Henri Sausse, dirigida aos seus confrades espíritas de Lyon, por ocasião de mais um aniversário de desencarnação de Allan Kardec, como era praxe entre os kardecistas franceses, e até estrangeiros. De fato, todo 31 de março era tomado como um dia de solenidade e normalmente os grupos espíritas promoviam atividades especiais. Em Paris, por exemplo, os espíritas lotavam o cemitério Père-Lachaise e discursos apologéticos eram proferidos por notáveis lideranças espíritas em frente ao dólmem erigido a Kardec.


Em Lyon, na cidade-natal do Mestre do Espiritismo e onde Sausse figurava-se entre os mais ativos apóstolos kardequianos, o 31 de março também era bem celebrado. Daí veio a ideia de preencher uma grave lacuna no movimento da nossa doutrina, pois, como bem pôde se aperceber Sausse, incrivelmente pouco se sabia sobre a pessoa de Kardec, ao passo que o interesse era grande.

Juntando a demanda de correligionários que almejava melhor apreciar a vida e obra de Kardec com a dedicação de Henri Sausse nesse trabalho, o resultado foi que fortes apelos dos amigos motivaram o escritor a publicar sua composição. Sausse inclinou-se a esta nobre tarefa e se lançou ao trabalho de pesquisa a fim de incrementar sua composição com mais informações e melhores comentários. A resultante disso foi a publicação naquele mesmo 1896 da primeira versão desta biografia, que ganhou o prefácio de Gabriel DelanneLogo mais a obra seria ampliada, na edição de 1910, e na última versão, em 1927, foi agraciada com um prefácio de Léon Denis, sendo publicada pela editora do grande mecenas espírita Jean Meyer.

É desta última edição que então apresentamos a tradução assinada por Ery Lopes, enriquecida pela contribuição de nossos amigos estudiosos Adair Ribeiro, Carlos Seth Bastos, Jorge Hessen, Luciana Farias e Wanderlei dos Santos, de modo que esta publicação traz, além de um oportuno capítulo de apresentação contextualizando a obra, importantes notas de rodapé com atualizações de certos dados biográficos e comentários interessantes sobre vários elementos historiográficos. Esta edição também é recheada de imagens de personagens, locais e eventos, favorecendo assim que o leitor possa ter uma imersão no tempo e espaço em questão.


Não há como separar a História da Doutrina Espírita da vida e obra de seu trabalhador pioneiro. Então, não perca e baixe agora mesmo a Biografia de Allan Kardec escrita por Henri Sausse nesta nova tradução publicada em conjunto por Autores Espíritas ClássicosLuz Espirita e Obras de Kardec.

Disponível gratuitamente em PDF na nossa Sala de Leitura.


* * * * * *

E para ficar bem atualizado de tudo o que ocorre de mais importante no movimento espírita, siga-nos pelo FacebookTwitter Instagram.

Assine também gratuitamente o nosso newsletter Informe Luz Espírita.

quarta-feira, 8 de junho de 2022

"Obsessão em 100 Respostas", livro de Rogério Miguez

O problema da obsessão espiritual, como bem é sabido, consiste num dos graves entraves para o desenvolvimento pessoal, uma das provas mais sérias para um encarnado  principalmente para aqueles no exercicio da mediunidade  envolvendo aí muitas circunstâncias, pelo que há muitas dúvidas, receios e até pavores relacionados a isso.

Então, nada melhor do que informar-se bem sobre todas as nuances dessa questão, não é mesmo? Pois é nesse sentido que a Casa Editora O Clarim está promovendo o lançamento do livro Obsessão em 100 Respostas da autoria do nosso confrade Rogério Miguez, reconhecido escritor e palestrante.

Eis a sinopse da obra oferecida pela editora:

Influenciações entre os Espíritos, encarnados ou desencarnados, benéficas ou maléficas, sempre existiram, acompanhando o caminhar da Humanidade. Estamos sujeitos inclusive a autoinfluenciações, dificultando a nossa própria evolução.

As maléficas são o maior problema, visto que a obsessão espiritual -- não aquela entendida pela Medicina clássica - é uma enfermidade moral quase generalizada, grassando sem quartel nos quatro contos do mundo; uma verdadeira epidemia. Por isso é preciso orar, vigiar e estudar constantemente.

Diante de tal quadro, esta obra conversa intimamente com o leitor por meio de 100 perguntas e respostas, abordando diversos e importantes aspectos relacionados a este delicado tema: a obsessão.

A compreensão é a melhor forma de proteção.

O tema obsessão tem sido tratado fartamente em nossos trabalhos, inclusive o próprio Rogério o colocou como sendo uma espécie de "epidemia desconhecida" em uma palestra transmitida pelo nosso canal no YouTube (veja aqui).

Por isso, recomendamos fortemente a obra Obsessão em 100 Respostas.

A obra está na fase de pré-venda através da loja online da Editora O Clarim.


Próxima palestra "O porvir e o nada" com Arthur Valadares

Em sequência à nossa série Palestra Espírita Online, no próximo domingo, 12 de junho, traremos Arthur Valadares, requisitado palestrante espírita natural de Patrocínio-MG, atual residente de São Carlos-SP, onde se vincula à Associação Espírita Obreiros do Bem. Também é um dos fundadores e coordenadores do NEPE Paulo de Tarso (Núcleo de Estudo e Pesquisa do Evangelho "Paulo de Tarso"). Nesta oportunidade, Arthur vai desenvolver o tema "O porvir e o nada".

A palestra começa às 10h (horário oficial de Brasília) deste domingo, portanto, dia 12 de junho, e você pode acompanhar a transmissão pelo canal Luz Espírita no YouTube, inclusive participando em tempo real através do chat vinculado ao vídeo.

E se você perder a edição anterior, veja o vídeo da  palestra "O mito da caverna de Platão numa interpretação espírita" com Ery Lopes, realizada no último domingo, cuja gravação está disponível pela janela a seguir:

Visite também a página oficial do programa Palestra Espírita Online.

E não deixe de compartilhar o programa com amigos e familiares, contribuindo assim com a divulgação do Espiritismo.

 

quinta-feira, 2 de junho de 2022

"AMÉLIE BOUDET, Uma história de Vida" com Luciana Farias


Uma viagem no tempo, até as origens da Doutrina Espírita e os primeiros passos do Movimento Espírita, com base em dados e outros documentos históricos autênticos: tal é a exposição "AMÉLIE BOUDET, Uma história de vida" com a pesquisadora Luciana Farias. E, notem bem, não é desproposital que o nome da personagem em questão esteja em letras maiúscula, mas porque, de fato, Amélie, a Madame Kardec, é naturalmente — e merecidamente — colocada em um alto grau de representatividade, tanto para a vida pessoal de seu esposo, Allan Kardec, tanto para o Espiritismo antes e depois da desencarnação do Codificador Espírita.

Este é basicamente o teor da referida palestra, promovida pelo canal da ABRADE - Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo, exposição à qual você pode assistir — e não há nenhuma boa razão para perder — pela janela abaixo:

Lucina Farias é diretora do site Obras de Kardec, cujo acervo é fortemente convidativo, como temos tido diversas oportunidades de divulgar aqui.

E quem gostou, favor compartilhar.


Entra em vigor a lei que institui o Dia Nacional do Espiritismo, em 18 de abril


O presidente da República Jair Bolsonaro sancionou a lei que institui o Dia Nacional do Espiritismo, a ser celebrado no dia 18 de abril. Nessa data, em 1857, foi lançado em Paris (França) O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec. Trata-se do primeiro livro da codificação espírita e contém os princípios do Espiritismo sobre a imortalidade da alma, a natureza dos espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade.

O Livro dos Espíritos é uma das oito obras fundamentais da doutrina espírita, de autoria ou coordenados por Allan Kardec, juntamente com: O que é o Espiritismo (1859); O Livro dos Médiuns (1861); O Evangelho segundo o Espiritismo (1863); O Céu e o Inferno (1865); A Gênese, os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo (1868), Obras Póstumas (1890) e Revista Espírita (1858–1869).

A homenagem é oriunda do Projeto de Lei 3789/19, do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), e foi transformada na Lei 14.354/22, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 31 de maio deste 2022.

Na Câmara dos Deputados, a proposta tramitou em caráter conclusivo e foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ) em novembro último, sob relatoria da deputada Caroline de Toni (PL-SC).

“O espiritismo é uma doutrina voltada para o aperfeiçoamento moral do homem, acredita na existência de um Deus único, na possibilidade de comunicação útil com os espíritos por meio de médiuns e na reencarnação como processo de crescimento espiritual e de justiça divina”, explicou Caroline de Toni na época.

“O Brasil reúne maior número de espíritas no mundo. São quase 4 milhões de pessoas que se consideram espíritas, o terceiro maior grupo religioso brasileiro, e cerca de 40 milhões de simpatizantes”, disse a relatora. Ela lembrou ainda que os espíritas mantêm obras de assistência e promoção social em vários estados.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Rachel Librelon