quarta-feira, 30 de junho de 2010

ANIVERSÁRIO DO JACÓ

CÂNTICO DA PAZ


Vejam que lindo trabalho o realizado pelo Coral Cântico da Paz, formado na Casa Espírita Cecília Arantes, de Uberlândia - MG: entre outras atividades, o grupo visita hospitais para levar terapia através da Música -- Musicoterapia.
Certamente amparados pela espiritualidade, o Coral leva fluidos revitalizantes para enfermos e trabalhadores que cuidam desses pacientes. Por isso, essas atividades não apenas merecem nosso carinho como a divulgação para mais e mais voluntários surjam à seara.
Eis uma demonstração maravilhosa do que fazer com os talentos que o nosso Mestre Jesus nos concede. Parabéns ao Coral e vibrações de Luz para todos dessa fraternidade.

O endereço da Casa Espírita Cecília Arantes:.
R. Edmundo Munir Arantes, 376 - Planalto
CEP 38413-276 Uberlândia, MG


terça-feira, 29 de junho de 2010

NÚCLEO A CAMINHO DA LUZ HOMENAGEIA ERY LOPES


Neste 29 de junho, o nosso Núcleo Espírita A Caminho da Luz fez homenagem a um de seus trabalhadores voluntários -- Ery Lopes --, por ocasião de seu aniversário.
A propósito, o aniversariante estava escalado para palestrar durante o Evangelho que tradicionalmente a Casa promove todas as terças à noite, em cuja oportunidade, Ery Lopes dissertou sobre o a vida e obra de Saulo de Tarso, ou melhor, Paulo, o Apóstolo dos Gentios. Em seguida, ele complementou sua palestra cantando "A CAMINHO DE DAMASCO", canção de sua autoria que fala da emblemática conversão paulina (veja videoclipe abaixo).



As emoções continuaram: João Lúcius, amigo e companheiro do aniversariante no trabalho de Evangelho Musical, apresentou duas novas gravações suas, sendo uma delas dedicada especialmente a Ery Lopes, no qual fala dos laços espirituais da amizade: "RELAÇÕES DE ESPÍRITOS".
Baixe agora o mp3 das referidas músicas:





E depois de tudo isso, ainda teve um enorme bolo e confraternização entre os presentes.
Parabéns a todos que abrilhantaram a noite.

Aproveite para ver a lista de outras músicas espíritas, desses e de outros artistas, no Painel da Música Espírita.

PROGRAME-SE










segunda-feira, 28 de junho de 2010

MAIS UM BLOG ESPÍRITA

Mais uma opção para você ficar atualizado com o Movimento Espírita: o Blog Espiritando (www.espiritandoblog.blogspot.com).
Viste e ajude a divulgar.

DOENÇA MENTAL E MANIFESTAÇÃO MEDIÚNICA


O site da ABP - Associação Brasileira de Psiquiatria - publicou um ensaio importante que merece nossa atenção. Veja abaixo.

Estudo diferencia manifestação mediúnica de doença mental

Qual a fronteira que separa uma experiência mediúnica de um quadro de transtorno mental? O que diferencia um de outro? Ouvir vozes, ter visões indicam, necessariamente, uma manifestação patológica?

Foram justamente essas indagações que motivaram um estudo desenvolvido pelo Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (Nupes) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

A pesquisa, que começou a ser realizada no ano passado, tem previsão de conclusão em 2011. Ela é, na verdade, um desdobramento de outra investigação, iniciada em 2001, na Universidade de São Paulo (USP), com o doutorado do professor Alexander Moreira-Almeida. Diretor do Nupes, Almeida é o orientador do trabalho atual.

-Na primeira pesquisa, investigamos 115 médiuns. Pegávamos gente que já trabalhava como médium em grupos espíritas há bastante tempo - explica. De acordo com o professor, foi encontrada uma baixa prevalência de transtornos mentais, menor do que na população em geral, entre os integrandes do grupo estudado.

Nesse segundo momento, estão sendo analisadas pessoas que foram recém -identificadas como médiuns.

-O objetivo das entrevistas é avaliar a presença de transtornos mentais, avaliar características da personalidade, ou seja, avaliar vários traços do funcionamento mental e social, para poder tentar traçar um panorama desse grupo e ajudar pesquisadores e clínicos com dados mais concretos nessa diferenciação.

Confira a entrevista

Terra Magazine - Qual a ideia central do estudo?
Alexander Moreira-Almeida - A ideia basicamente é a seguinte: mediunidade, quando a pessoa se considera estar em contato com alguma força não física, extramaterial ou alguma coisa do gênero. O fato é que esse tipo de experiência apresenta características, como, por exemplo, a pessoa têm visões, ouve coisas que outras pessoas não ouvem, têm a sensação de que há algo influenciando o corpo dela. Esse tipo de vivência é bastante comum na esquizofrenia e em outros quadros psicóticos.
Há uma discussão muito grande sobre qual a relação de uma coisa com a outra. Será que esses quadros chamados mediúnicos seriam, na realidade, quadros psicóticos, esquizofrênicos?

Foi isso que motivou a pesquisa: diferenciar manifestações ditas mediúnicas de quadros de transtornos mentais?
Exatamente. Há algumas décadas, a mediunidade era considerada uma manifestação patológica. Hoje, a psiquiatria reconhece que não é bem o caso. Há pessoas que têm essas vivências religiosas, espirituais e que não são, necessariamente, patológicas. Mas falta ainda determinar, com mais precisão, critérios que nos ajude a separar o que seria uma experiência não patológica, ligada à nossa cultura, a um certo grupo religioso, do que seria uma doença mental. Com base nisso, temos feito uma linha de pesquisa neste sentido.

Quando vocês começaram a trabalhar com essa linha de pesquisa?
O trabalho começou na Universidade de São Paulo (USP), com o meu doutorado, em 2001. Agora, dando continuidade, estou na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), onde coordeno uma linha de pesquisa, com dois alunos de doutorado. Essas duas teses de doutorado começaram no ano passado a coletar os dados.

Que tipo de metodologia está sendo aplicada na pesquisa atual e quantas pessoas foram ouvidas?
Nossa meta é chegar a 120 pessoas. Buscamos pessoas que procuram centros espíritas e lá, é dito para elas que são médiuns. Naturalmente, não entramos no mérito do que seria efetivamente isso ou não. Só estudamos esse fenômeno. São pessoas classificadas por médiuns, pelos próprios espíritas. Aplicamos uma série de testes psiquiátricos e psicológicos para fazer uma avaliação. Estamos fazendo a avaliação agora, para ver, daqui a um ano, como vão se desenvolvendo essas pessoas.

Como são esses testes?
São testes de entrevistas. Testes psicológicos e psiquiátricos. O objetivo das entrevistas é avaliar a presença de transtornos mentais, avaliar características da personalidade, ou seja, avaliar vários traços do funcionamento mental e social para poder tentar traçar um panorama desse grupo e ajudar pesquisadores e clínicos com dados mais concretos nessa diferenciação.

Sei que a pesquisa está em andamento, mas vocês já chegaram a uma conclusão?
Em relação à pesquisa inicial, já temos uma conclusão. Essa outra ainda está em andamento. Na primeira pesquisa, investigamos 115 médiuns. Pegávamos gente que já trabalhava como médium (na atual, são pessoas que acabaram de ser classificadas como médiuns), em grupos espíritas há bastante tempo.
Um detalhe importante: quando falamos em mediunidade, nós não estamos restringindo a apenas um grupo religioso, embora a pesquisa em si, por razões metodológicas, escolheu o espiritismo, por ser um grupo que trabalha de modo mais intenso e mais direto. Classificamos mediunidade como qualquer experiência em que a pessoa se julgue em contato com as dimensões espirituais. Pensando dessa forma, a umbanda, os católicos carismáticos, pentecostais protestantes. Todos esses têm contato com espírito santo, com alguma dimensão... Estamos trabalhando com o espiritismo por ser muito disseminado no Brasil.

Então, vocês trabalharam com 115 médiuns. Qual foi a conclusão?
Pegamos 115 médiuns, frequentando centros espíritas de São Paulo, mas eram médiuns que atuavam a bastante tempo como médiuns. Traçamos um perfil psiquiátrico dessa população e, basicamente, encontramos uma baixa prevalência de transtornos mentais. Menor do que encontrado na população em geral.

Qual a avaliação que vocês fizeram em cima desse resultado?
Esse é o primeiro resultado. Ainda há outro resultado importante, que medimos a adequação social, para ver quanto desses indivíduos eram bem ajustados socialmente, no trabalho, na família, na vizinhança. Também evidenciou um bom ajuste social. O mais importante: não havia relação entre a intensidade dessas vivências mediúnicas e problemas de ajustamento social ou de sintomas psiquiátricos. Ou seja, eram coisas separadas.
Foi o primeiro estudo com amplo número de pessoas e metodologia rigorosa, que investigou a saúde mental de médiuns. Basicamente, o que nós concluímos... O primeiro dado, que mostra de modo objetivo, usando metodologia padrão, internacional da saúde mental, desses médiuns, pelo menos esses, que estão frequentando e trabalhando há bastante tempo em grupos espíritas, revela que eles têm uma boa saúde mental, que essa vivência deles, embora, a princípio seja semelhante a um quadro psicótico, não é a mesma coisa. São coisas diferentes que precisam ser melhor estudadas.
A partir disso, então, estamos fazendo esse segundo momento de pesquisa, dando continuidade nessa linha, para ajudar a separar essas questões.

Quais os critérios que vocês estão usando para diferenciar uma experiência espiritual de uma manifestação patológica?
A pesquisa não entra no detalhe do que seria uma experiência espiritual. Estamos apenas separando se é uma vivência patológica ou não. Ou seja, se é um real contato com o mundo espiritual, se é uma coisa que o inconsciente da pessoa cria ou não. Nós não estamos investigando isso nessa pesquisa atual.
Temos projetos de avançar nessa questão também. Nessa pesquisa, estamos investigando o que seria uma experiência religiosa, mística, não patológica do que seria um quadro psiquiátrico. Não estamos entrando no mérito de qual seria a causa dessa vigência espiritual, que é um detalhe importante.
Para considerar como doença mental, estamos usando critérios diagnósticos psiquiátricos utilizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Estamos utilizando qualidade de vida dessas pessoas e adequação social. Na realidade, estamos testando alguns critérios que têm sido propostos na literatura médica. A gente publicou, recentemente, um artigo na revista de psiquiatria clínica da USP, levantando novos possíveis critérios que fariam essa diferenciação. Estamos testando esses critérios.

Quais seriam os critérios?
Entre os critérios está, por exemplo, a ideia de que a pessoa tem a vivência, mas esta não causa sofrimento para o indivíduo. Outra, essa vivência não causa prejuízo para o funcionamento social, profissional da pessoa. Outro critério seria que a pessoa tem controle sobre essa vivência. Mais um critério seria a pessoa não ter outros sintomas de doença mental, além dessas vivências , ouvir, ver...


O endereço para consulta é www.abpbrasil.org.br


EVENTO EM GUARUJÁ


Neste domingo 27 de junho, ocorreu mais um evento bem sucedido para a divulgação do Espiritismo, com o adicional de ser uma campanha solidária:
Em jantar beneficente no restaurante e pizzaria Gama, em Guarujá - SP, os cantores espíritas Ery Lopes e João Lúcius se apresentaram para um público diversificado, cantando Músicas Espíritas e Espiritualistas. Os convidados que prestigiaram o encontro, além de um encontro fraterno, contribuíram para as obras sociais da CAIS - Casa de Assistência Irmã Scheilla, daquela cidade, que além de fazer um excepcional trabalho de evangelização espírita, promove atividades de caridade à comunidade de Morrinhos. Não apenas isto, a referido Centro Espírita já está ampliando seus trabalhos, inclusive, constrói uma unidade de creche a ser inaugurada ainda este ano, com a graça de Deus.
Antes do jantar beneficente, à tarde, a dupla participou do Evangelho Infantil na CAIS, cantando junto com as crianças e familiares beneficiadas pelos programas sociais da Casa de Scheilla, numa linda festa regrada com Música Espírita.
Visite o site www.irmascheilla.com.br e conheça melhor a instituição.
O evento teve ainda o ensejo de divulgar a proposta do MEI - Movimento Espírita de Integração, que é o de ampliar a solidariedade entre as Casas e Grupos Espíritas, num sentindo de promoção de atividades conjuntas, fortalecendo assim a Doutrina Espírita.
Permaneça conosco e fique bem informado dos próximos eventos espíritas.

sábado, 26 de junho de 2010

ESPIRITISMO NAS TELONAS

Depois do sucesso de ‘Chico Xavier’, outros cinco filmes nacionais com temática de outro mundo chegarão aos cinemas do país

O centenário do médium mais famoso do país continua rendendo nas telonas. Enquanto “Chico Xavier”, de Daniel Filho, se mantém entre os cinco mais assistidos do cinema nacional desde sua retomada, em 1995, com 3,5 milhões de espectadores, outros cinco longas devem sair ainda neste ano: as ficções “Nosso Lar”, “As Mães de Chico Xavier”, “E a Vida Continua” e “O Filme dos Espíritos” e o documentário “As Cartas”.
Com estreia prevista para dezembro, “As Mães de Chico Xavier” conta a história de três mães que perderam seus filhos e entram em contato com mensagens psicografadas pelo médium. Na produção, Nelson Xavier vive novamente o líder espírita. “Não queria ficar marcado como o ator que faz o Chico. Mas como ele se apresenta de uma maneira completamente diferente nesse novo filme e não é o protagonista, aceitei”, diz o ator.
Em “As Mães de Chico Xavier”, o médium é mostrado como elemento de ligação entre as histórias. “A semelhança é apenas temática. Escolhemos três cartas psicografadas e transformamos em ficção”, explica Glauber Filho, que assina a direção com Halder Gomes.
Para Nelson, que está também em “O Filme dos Espíritos”, de André Marouço e Michel Dubret, falar do tema é oportuno: “Falar do bem e da generosidade é fundamental. O Brasil está precisando”. Rodado na capital, este filme conta a história de um homem de 40 anos que perde a mulher e o emprego e pensa em suicídio. Tudo muda, no entanto, quando ele entra em contato com “O Livro dos Espíritos”, obra basilar da doutrina de Chico Xavier.
Longe da ficção, o documentário “As Cartas”, com previsão de estreia para o segundo semestre fala de superação. “O filme trata da dor da perda e também do amor. Estamos em finalização e me dói muito assistir várias vezes”, diz Cristiana Grumbach, a diretora.
Já “Nosso Lar”, que estreia em 3 de setembro, mostra o plano espiritual com detalhes e muitos efeitos especiais. O longa é baseado no livro de mesmo nome, psicografado por Chico, e conta a trajetória do médico André Luiz, que morre e vai para uma cidade espiritual com ares de superprodução.


sexta-feira, 25 de junho de 2010

EVENTOS ESPÍRITAS PARA O FINAL DE SEMANA

Para ver a lista completa, visite a página Eventos Espíritas clicando aqui.

DIA 25, sexta-feira

Palestra com JACOB MELLO, apresentando o tema: "A cura da depressão pelo Magnetismo" .
Às 20h.
Grupo de Estudos A Caminho da Luz
R. Dr. Fernando Costa, 1023 - Vila Couto
CEP 11510-310 Cubatão, SP

Ver mapa

--------------------------------------

DIA 26, sábado

Ery Lopes e João Lúcius apresentam um Evangelho Musical com o tema "Chico é uma canção".
Às 20h
Associação Espírita Allan Kardec
Rua Ângelo de Cândia, 150 - São Mateus
CEP 03958-000 - São Paulo, SP
Ver mapa

A Sociedade Espírita Assistencial Dr. João Prado convida a todos para um recital de músicas mediúnicas comMaria Lúcia: "A Vida é muito mais".
Às 16h.
Sociedade Espírita Assistencial Dr. João Prado

R. Bartolomeu de Gusmão, 413 - Vila Mariana
CEP 04111-020 - São Paulo, SP
Ver mapa

Palestra ilustrada com MARA LUCENA, sobre o livro "LIBERTAÇÃO", de André Luiz e psicografia de Chico Xavier.
Promoção
: USE - União das Sociedades Espíritas
Às: 20h.
Comunidade Eurípedes Barsanulfo
R. Sampaio Vidal, 2110-a - centro
CEP 17500-020 - Marília, SP
Ver mapa

--------------------------------------

DIA 27, domingo

Jantar beneficente em prol dos trabalhos sociais da Casa de Assistência Irmã Scheilla (Guarujá, SP), com animação musical de ERY LOPES & JOÃO LÚCIUS. Self-service com diversso pratos.Sorteio de vários brindes.
Convite individual R$ 30,00.
Informações: www.espiritando.com.br
A partir das: 20h.
Local: Restaurante e Pizzaria Gama
www.gamarestaurante.com.br
Av. Adhemar de Barros, 2309
CEP 11430-003 - Guarujá, SP
Ver mapa

Evangelho Musial com Grupo Vocal REENCONTRO
Às: 7h30min.
Centro Espírita Doze Apóstolos
R. Ismael Dias, 282 - Tatuapé
CEP 03631-010 - São Paulo, SP
Ver mapa

Atendimento de cura do médium João Berbel, pelo Espírito Alonso y Alonso. O atendimento é para todos (sem necessidade de agendamento), com encaminhamento para cirurgia em Franca, SP (caso seja necessário).
Informações: Fone (11) 6440-9859 (com Nair)
Às: 9h.
Lar de Mamãe Clory
R. Francisco Visentainer, 438 - Assunção
(próximo ao SESI)
CEP 09861-630 - São Bernardo do Campo, SP
Ver mapa

A USE - União das Sociedades Espíritas - de Matão promove a "IV Semana Chico Xavier". Para esta data, palestra com Adeílson Sales (de Guarujá, SP).
Às: 20h.
Centro Espírita Allan Kardec
Av. Trolezzi, 2349 - Jardim Buscardi
CEP 15997-200 - Matão, SP
Ver mapa

Palestra ilustrada com MARA LUCENA, sobre o livro "LIBERTAÇÃO", de André Luiz e psicografia de Chico Xavier.
Promoção
: USE - União das Sociedades Espíritas
Às: 20h.
Comunidade Eurípedes Barsanulfo
R. Sampaio Vidal, 2110-a - centro
CEP 17500-020 - Marília, SP
Ver mapa

Evento especial "Som & Cores", com Musicoterapia com a participação do Grupo Vocal VINHA DE LUZ e Ivan Medeiros, e Psicopictografia (Pintura Mediúnica) com o grupo NAV - Núcleo Arte e Vida. Palestra com a psicóloga Valdeniza Sire Savino, apresentando o tema "A importância do voluntariado no Trabalho Social".
Sorteio de brindes e leilão de telas.
Informações pelo tel. (11) 9544-2781
Às: 13h30min.
Grupo de Fraternidade Emmanuel
R. Mariana Belizária da Conceição, 250 - Jd. Ester
CEP 05373-010 São Paulo, SP
Ver mapa



quinta-feira, 24 de junho de 2010

MÉDICO ESPÍRITA PALESTRA EM GOIÂNIA

A AME - Associação Médica Espírita de Goiânia -- convida a todos para a palestra com o expositor espírita e médico Dr. Dezir Vencio, apresentando o tema: Tema::"Doenças Crônicas Degenerativas - Carma Infalível?"
Sexta, 25 de junho
Às 19h30min.
Na Federação Espírita de Goiás
Av. Ricardo Paranhos - Setor Marista - Giânia, GO

Participação do cantor Roberto Moreira.

Compareça e divulgue!

TV A CAMINHO DA LUZ


Para quem ainda não conhece a TV A Caminho da Luz -- transmissão via internet --, não percam a oportunidade de assistir a ótimos programas de divulgação da Doutrina Espírita.

O endereço do site é www.tvacaminhodaluz.com.br

JULHO ESPECIAL PARA CHICO XAVIER NO CEDAMP

terça-feira, 22 de junho de 2010

PROGRAME-SE

EVENTOS DO DIA, Terça 22 de junho

Palestra pública com o expositor Plínio Penteado Jr.apresentando o tema "A conquista da Paz interior ".
Às 20h
Casa Espírita Fonte Viva
R. Tocantinópolis, 133
Jd. Iporanga
CEP 07124-100 Guarulhos, SP
Ver mapa

-----------------------------------------------------------

Palestra com JACOB MELLO, apresentando o tema: "Vitórias esperam por você" .
Às 20h.
Grupo Espírita Joanna de Ângelis
R. Cel-PM. Celestino Fernandes, 70
Santa Maria
CEP 09071-360 Santo André, SP

Ver mapa

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Novo Podcast - Luz Espírita: "NOSSA CAPACIDADE DE AMAR"

SOBRE DIRIGENTES ESPÍRITAS....

O Dirigente Espírita Eficiente e o

Dirigente Espírita Eficiente e Eficaz

por: Alkíndar de Oliveira


De forma comparativa podemos dizer que, como nosso corpo humano, o Espiritismo tem cabeça, tronco, membros superiores (braços e mãos) e membros inferiores (pernas e pés).

A cabeça.

A cabeça, por conter nosso cérebro, representa a iluminação. É ali que nossa mente utiliza do instrumento cerebral para – com o tempo – fazer brilhar nossa luz.
Num Centro Espírita a cabeça representa a evangelização.

O tronco.

O tronco, por conter nosso aparelho digestivo, representa a necessária assistência social.
Um parêntese: lembremos que a assistência social num Centro Espírita é importante e necessária, mas a evangelização, além de necessária é fundamental. Centro Espírita que presta assistência social, mas não evangeliza os assistidos, está cuidando apenas do importante, mas esquecendo-se do fundamental. E ambas (a importante assistência social e a fundamental evangelização) são necessárias.

Os membros superiores.

Os membros superiores - nossos braços e mãos - por estabelecer o contato com o próximo (um aperto de mão, um abraço carinhoso), representa o necessário relacionamento harmonioso entre os integrantes de um Centro Espírita.

Os membros inferiores.

Os membros inferiores – nossas pernas e pés – por assegurar o nosso caminhar, representa a necessária divulgação da Doutrina Espírita. É preciso caminhar também fora do Centro Espírita. É fundamental fazer como Jesus fazia: levar a Boa Nova para outras terras.

O dirigente espírita que trabalha com a cabeça, o tronco e os membros superiores, mas não trabalha com os membros inferiores, é um dirigente eficiente.
O dirigente espírita que trabalha com a cabeça, o tronco, os membros superiores e também com os membros inferiores é um dirigente eficiente e eficaz.

A diferença básica entre um dirigente espírita eficiente e um dirigente espírita eficiente e eficaz é que esse último, ao contrário do primeiro, não se isola no seu Centro Espírita.

O dirigente eficiente e eficaz, além de procurar relacionar-se bem com o pessoal do seu Centro Espírita, preocupa-se em irmanar-se com os demais Centros Espíritas, e mais: divulga a Doutrina além-muro, isto é, divulga-a para toda a comunidade, inclusive para os não espíritas (sem proselitismo e com respeito às demais instituições).

O dirigente espírita eficiente cuida muito bem do Centro Espírita que dirige. Mas só do Centro Espírita que dirige.
O dirigente espírita eficiente e eficaz cuida muito bem do Centro Espírita que dirige e – ao mesmo tempo – procura integrá-lo com os demais Centros Espíritas.

O dirigente espírita eficiente não divulga o Espiritismo para os não espíritas.
O dirigente espírita eficiente e eficaz divulga o Espiritismo também para os não espíritas (respeitando, no entanto, a crença que professam).

O dirigente espírita eficiente preocupa-se com a união do pessoal do seu Centro Espírita.
O dirigente espírita eficiente e eficaz, além de preocupar-se com a união do pessoal do seu Centro Espírita, têm como uma de suas fundamentais metas a união do seu Centro com os demais Centros Espíritas (sobre o tema “união” vide, na página seguinte, texto de Bezerra de Menezes).

Você é um dirigente espírita eficiente ou um dirigente espírita eficiente e eficaz?



PARABENIZANDO


A Equipe Luz Espírita parabeniza nosso amigo José Rubens de Caires, grande colaborador dos nossos trabalhos, além de um dos vocalistas do Grupo Reencontro, da Associação Espírita Allan Kardec, bairro São Mateus, São Paulo.
Nossas vibrações de muitas realizações para você e família, irmão do Caminho!
.

sábado, 19 de junho de 2010

FOTOS DE ECTOPLASMA DURANTE MUSICOTERAPIA II

Recentemente nós publicamos aqui algumas fotos supostamente, digamos assim, com impressões de ectoplasma, durante trabalho de musicoterapia com o Grupo Vocal União & Harmonia. Claro que esse tipo de evento -- como outros quaisquer de fenomenologia -- desperta curiosidade e repercute para os dois lados: os que defendem sistematicamente a veracidade e os que negam a ocorrência espiritual com o mesmo vigor.
O que nos cumpre dizer é que, cada um tira suas próprias conclusões, no entanto, todos somos convidados a estudar a questão e por esse expediente, vamos reconhecer que a fotografia mediúnica é perfeitamente possível -- sem atestar ou negar uma ou outra cópia. Para tanto, basta lembrarmos as imagens captadas pelo Sir William Crookes, do Espírito Kate King.
Os trabalhos de musicoterapia sem dúvida atraem o auxílio da espiritualidade -- quando feitos com amor e desprendimento. Especialmente os tratamentos de cura são comuns. Na verdade, muito mais comum do que se pensa, pois a maioria fica invisível aos olhos comuns.
Sendo o ectoplasma a matéria-prima com o qual os Espíritos agem, nada excepcional que a câmera fotográfica possa captar essa matéria.
Segue abaixo, novas fotografias que sugerem o fenômeno: foram tiradas em 15 de junho de 2008, durante um Evangelho Musical apresentado pelo Grupo Vocal Reencontro, da Associação Allan Kardec do bairro São Mateus, na Capital paulista.







PALESTRA ESPÍRITA EM DVD

PROGRAME-SE






quinta-feira, 17 de junho de 2010

VIDEOPALESTRA

Sabedoria expressada com toda a devida simplicidade:

Parte I


Parte Ii


Parte III


Parte IV


ANA MARIA BRAGA CITA ERMANCE DUFAUX



PROJETO ESPERANTO

A deputada Andreia Zito, relatora do Parecer favorável ao Esperanto como matéria optativa no ensino médio (Câmara dos Deputados -Brasília, DF). O movimento esperantista teve a grata satisfação de saber que o Esperanto voltou a ser pauta para a Câmara dos Deputados Federais. O parecer da relatora, Dep. Andreia Zito (PSDB-RJ), pela aprovação, com emenda, foi divulgado em 09/06/2010. O texto pode ser lido na íntegra em PDF no seguinte endereço. A Liga Brasileira de Esperanto e a sua Comissão de Educação ficam profundamente agradecidas ao Estado Brasileiro, através do seu legislativo, pelo empenho político e social de dar ao Esperanto o mérito que lhe é merecido por sua história de luta pela democracia linguística mundial. O texto completo da Deputada é mostrado abaixo.
Esperamos que todos os esperantistas congratulem à deputada em seu e-mail
dep.andreiazito@camara.gov.br (Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo e esperamos que o nosso congresso possa aprovar e concretizar esse grande sonho do nosso inesquecível Deputado Freitas Nobre, na década de 80, e muito bem sedimentado pelo grande amigo do Esperanto, Senador Christovam Buarque que deu vida a esse projeto de lei (documento original já aprovado pelo senado).
Eis o parecer da nossa cara deputada:
COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA
PROJETO DE LEI No 6.162, DE 2009
Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação), para dispor sobre a inclusão facultativa do ensino de esperanto no ensino médio
Autor: SENADO FEDERAL
Relatora: Deputada ANDREIA ZITO

I ? RELATÓRIO
O projeto de Lei em análise, de autoria do Senado da República, onde foi apresentado pelo nobre Senador Cristovam Buarque, visa dispor sobre a inclusão facultativa do ensino de esperanto no ensino médio.
A tramitação dá-se em regime de prioridade conforme o disposto no art.151, II, ?a? do Regimento Interno da Câmara dos Deputados.
A apreciação é conclusiva por parte desta Comissão de Educação e Cultura. Cumpridos os procedimentos e esgotados os prazos, não foram apresentadas emendas à proposição. É o Relatório.

II - VOTO DA RELATORA
O esperanto é uma língua que carrega os valores da paz mundial e da integração entre as nações e nasceu com a utopia de se tornar uma língua compreensível a todos os povos. Trata-se de instrumento de facilitador do relacionamento dos povos.
Não sendo uma língua oriunda de um povo específico, afasta o risco de tentativa de colonização ou supremacia cultural.
Ademais, os critérios adotados pelo esperanto constituem também um excelente exercício de lógica que poderá enriquecer o conhecimento dos educandos. Construído a partir dos radicais de diferentes idiomas pode estimular os educandos a buscar o aprofundamento de outras línguas.
Como destacado no debate do Senado Federal, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) aprovou resoluções no sentido de estimular a disseminação do esperanto.
Há de se ressaltar que o Esperanto não tem como objetivo substituir as línguas nacionais, mas servir de segunda língua, comum a todos os povos, para tratar dos problemas mundiais e para os contatos pessoais. Na verdade, como o Esperanto não tem como objetivos o imperialismo cultural, econômico ou político de nenhuma nação sobre as outras, atua somente, como um fator de preservação da cultura e da soberania dos povos.
Há de se ressaltar que o Esperanto não está vinculado a nenhuma religião. É apenas uma língua, e assim, todos têm direito de usá-la para o fim que assim desejarem.
Já, em relação às principais vantagens já comprovadas do uso do Esperanto, podemos afirmar que, por não pertencer a nenhum país, o Esperanto não confere a um povo privilégios em detrimento dos outros, pode ser aprendido em muito menos tempo que qualquer outro idioma, graças à simplicidade da pronúncia ( cada letra tem um único som), à concisão da gramática, ao vocabulário internacional e ao sistema de prefixos e sufixos, possui uma vasta literatura formada não só de obras traduzidas, mas também daquelas escritas originalmente em Esperanto e, facilita o intercâmbio cultural e intelectual entre os povos.
Acrescentamos emenda de relatora, para suprimir a expressão "grade curricular" uma vez que o termo componente curricular já é explicativo, além de mais elegante que ?grade? - expressão comumente rejeitada pelos pedagogos, que a associam a currículos extremamente rígidos ou mesmo a ambiente escolar com pouco espaço para o lúdico.
Diante do exposto voto favoravelmente à aprovação do Projeto de Lei nº 6.162, de 2009, com a anexa emenda de relatora.
Sala da Comissão,2010.
Deputada ANDREIA ZITO
Relatora


FEIJOADA BENEFICENTE

Este domingo, 20 de junho, tem feijoada beneficente (somente para viagem), promovida pelo CEVE - Centro Espírita Vida Eterna.
A partir das 12h.
Rua Itajuibe, 156
(via Avenida Marechal Tito, próximo ao Center Castilho)
Itaim Paulista
São Paulo, SP

EVENTOS DO DIA - Quinta 17 de junho


O Grupo Espírita Luz e Amor promove a "Jornada de Estudos: LEIS MORAIS". Para esta data, estudo sobre "Lei de Conservação", com Andrea Brito, Olina S. Barcellos Ferreira e Sílvia Mara Silva.
Às 20h.
Grupo Espírita Luz e Amor
R. Álvaro Abranches, 965 - Cidade Nova
CEP 14401-094 Franca, SP

Ver mapa


NOVO VIDEOCLIPE - ELIZABETE LACERDA

Elizabete Lacerda nos presenteia com mais uma linda canção espírita: "TEU AMOR CONDUZ", composta em parceria com Saray Lacerda:


Mais canções como essa você encontra no Painel da Música Espírita.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

FOTOS DE ECTOPLASMA DURANTE MUSICOTERAPIA

Durante um dos trabalhos de Musicoterapia do Grupo Musical União & Harmonia, um dos presentes aproveitou para tirar umas fotos do evento e eis que, para surpresa geral, capturou em algumas imagens o que se acredita ser ectoplasma, a matéria energética que dá forma aos Espíritos ou irradiações vindas por parte do mundo espiritual.

Veja as imagens e verifique as formas:





CONHEÇA MELHOR

Amalia Domingo Soler

Amália Domingo Soler

Amália Domingo Soler nasceu na cidade de Sevilha, na região da Andaluzia, Espanha. Sua cidade natal, cujo simbolo é a "Torre da Giralda", antigo minarete mouro transformado em campanário (com um ornamento em seu topo que gira com o vento: La Giralda), tem brilhante participação na história da Espanha e do Ocidente.

Durante a idade média foi uma das principais cidades de Al-Andalus e um dos focos mais brilhantes da civilização árabe medieval, a fama de seu rei poeta Almotamid permanece como testemunho de uma época de esplendor. Após a reconquista, foi importante centro de transmissão da cultura muçulmana para seus novos senhores cristãos. O Alcazar de Sevilha e a própria Giralda são testemunhos vivos desta mescla que marca até nossos dias o povo da Andaluzia.

Também entre os espíritas barcelonenses conheceu o médium sonâmbulo Eudaldo, que se tornou seu colaborador e através do qual recebeu grande número de mensagens, incluse as que foram reunidas no livro "Memórias del Padre German". O Padre Germano, guia espiritual de Amalia, se apresentou pela primeira vez em 9 de maio de 1879 e a publicação de suas memórias foi feita em partes a partir de 29 de abril de 1880. Além de publicar artigos em periódicos espíritas, Amalia também refutou ataques ao Espiritismo em jornais como a "Gaceta de Cataluña", ficando célebre sua polêmica com o orador católico Vicente de Manterola. Em 1878, Vicente iniciou uma série de conferências combatendo o Espiritismo, as quais Amalia assistia e respondia em artigos na "Gaceta de Cataluña". O mesmo orador chegou a publicar, em 1879, um livro intitulado "El Satanismo, o sea la Catédra de Satanás, combatida desde la Cátedra del Espíritu Santo - Refutación de los errores de la Escuela Espiritista". Este foi refutado em uma série de 46 artigos de Amalia, reunidos posteriormente no livro "El Espiritismo refutando los errores del Catolicismo". Em 22 de maio de 1879 sai o primeiro número do periódico "La Luz del Porvenir", dirigido por Amalia Domingo Soler. O periódico surgiu devido a insistência de Luís Lach e do editor Juan Torrents que convenceram-na a aceitar a tarefa de criar um periódico direcionado a "mulher espiritista".

Em 29 de abril de 1909, de Barcelona, Amalia retornou ao plano espiritual, o que não significa que se afastou de seu labor em pról do Espiritismo. Em 10 de julho de 1912, por intermédio da médium Maria - que colaborou com ela em vida, substituindo Eudaldo - completou suas memórias e, recentemente, nas viagens do médium Divaldo Pereira Franco à Espanha, tem transmitido mensagens de orientação e encorajamento aos espíritas espanhóis. O Espiritismo na Espanha continuaria a progredir até as vespéras da Guerra Civil de 1936-1939, quando o conflito latente desde a regência de Maria Cristina entre uma Espanha que queria ser moderna e uma que sonhava com o passado, transformou-se em uma sangrenta guerra civil.