domingo, 28 de novembro de 2021

Ensaio sobre a psicografia de Chico Xavier é premiado em concurso nos EUA


Fomos agraciados com a notícia do resultado de um concurso mundial promovido pelo instituto americano BICS sobre pesquisa relacionadas à vida após a morte, em que um grupo de pesquisadores brasileiros também se figura entre os premiados. Alexandre Caroli, Raphael Fernandes Casseb e Marina Weiler desenvolveram um ensaio sobre a obra psicográfica de Chico Xavier, ficando com a 11ª colocação dentre cerca de 200 trabalhos aceitos.


O INSTITUTO BICS

O BICS - Bigelow Institute for Consciousness Studies (Instituto Bigelow para Estudos da Consciência) é uma organização criada e patrocinada pelo magnata americano Robert Thomas. Bigelow, interessado em ufologia, fenômenos paranormais e evidências de vida após a morte, pelo que há décadas ele tem patrocinado inúmeras pesquisas relativas a esses assuntos. O instituto foi oficializado em 2020, quando foi anunciada a primeira edição do concurso que premiaria as melhores pesquisas científicas a respeito da sobrevivência da alma após a falência do corpo físico.

Robert T. Bigelow

Visite o site oficial do BICS (em inglês).

Para a edição deste ano, Bigelow destinou 2 milhões de dólares em premiação, alcançando os 29 melhores ensaios, cujo objetivo é o de oferecer ao público em geral informações seguras, baseadas em evidências científicas, sobre a vida além da matéria, despertando assim uma conscientização da natureza espiritual e suas consequências.

Vê-se pois que se trata de uma iniciativa das mais nobres, porque, se não for por ações individuais como esta, por amor à causa espiritual, como vamos esperar algo melhor da ciência, das academias e da indústria materialista de nosso tempo, que praticamente nada mais produz senão visando lucros e lucros? Afinal, não dá para vender "reforma íntima" em pílulas, não é?

Pelo que apuramos, Robet T. Bigelow é um mecenas da espiritualidade, certamente inspirado por bons Espíritos, e rogamos que a semente plantada pelo BICS multiplique seus frutos.


O CONCURSO 2021

Para avaliar os trabalhos oferecidos para a edição 2021 do concurso, o BICS convocou seis jurados, todos acadêmicos altamente reconhecidos, dentre os quais o psiquiatra americano Brian Weiss, conhecido por suas pesquisas acerca da reencarnação e terapias de vidas passadas, autor de importantes livros, como os best-sellers Muitas Vidas, Muitos Mestres (Many Lives, Many Masters - 1988), A Cura através da Terapia de Vidas Passadas (Through Time Into Healing - 1996) e Muitas vidas, Uma Só Alma (Same Soul, Many Bodies - 2004).

Além do Dr. Weiss, estão na lista de jurados os nomes: Jeffrey J. Kripal (Ph.D.), Christopher C. Green (M.D. Ph.D.), Jessica Utts (Ph.D.), Harold Puthoff (Ph.D.) e Leslie Kean, autora do livro Sobrevivendo à Morte: Uma Jornalista Investiga Evidências de uma Vida Após a Morte (Surviving Death: A Journalist Investigates Evidence for an Afterlife - 2017), sobre o qual foi baseada a série Vida após a Morte, produzida pela Netflix (saiba mais aqui).

Os três grandes vencedores foram os seguintes trabalhos:

  • 1°. lugar: ($500,000) "Beyond the Brain: The Survival of Human Consciousness After Permanent Bodily Death" (Além do Cérebro: A Sobrevivência da Consciência Humana Após a Morte Corporal Definitiva), de Jeffrey Mishlove Ph.D.
  • 2°. ($300,000) "The Continuity of Consciousness: A concept based on scientific research on near-death experiences during cardiac arrest" (A Continuidade da Consciência, Uma Concepção baseada em pesquisa científica sobre experiências de quase-morte durante uma parada cardíaca), de Pim van Lommel M.D.
  • 3°. ($150,000) "The Ghost in the Time Machine" (O Fantasma na Máquina do Tempo), de Leo Ruickbie Ph.D..

As onze melhores pesquisas seguintes forma premiadas cada uma com o prêmio de $50,000 (cinquenta mil dólares), estando entre estas a pesquisa dos brasileiros Alexandre Caroli Rocha Ph.D., Marina Weiler Ph.D., Raphael Fernandes Casseb Ph.D., com o trabalho intitulado "Mediumship as the Best Evidence for the Afterlife: Francisco Candido Xavier, a White Crow" (A Mediunidade como a Melhor Evidência da Vida Após a Norte: Francisco Candido Xavier, um Corvo Branco).

Todos os trabalhos estão disponíveis livremente em PDF na página do BICS (em inglês).

Os prêmios serão entregues em 4 de dezembro, numa cerimônia em Las Vegas (EUA).


O ENSAIO DOS BRASILEIROS

O ensaio apresentado pelo grupo brasileiro focalizou a extraordinária obra psicográfica de Chico XavierCaroli é doutor em teoria e história literária pela Unicamp. Wiler é neurocientista P.hD. com pós-doutorado em curso pela Universidade da California EUA) e Casseb é neurocientista com pós-doutorado em curso pela Unicamp.

Raphael Casseb, Marina Weiler e Alexandre Caroli

"Dividimos os livros do Chico Xavier em três grupos: primeiro, aqueles que ele atribuiu a autores como Emmanuel e André Luiz, nomes que não nos remetem a pessoas conhecidas; segundo, as atribuídos a escritores bem identificados, com obra publicada em vida, como Humberto de Campos, Olavo Bilac e dezenas de outros; terceiro, os das cartas familiares atribuídas a pessoas bem identificadas, mas sem obra publicada em vida. Esses três grupos têm diferentes estratégias para justificar suas alegadas autorias. Levamos em conta os registros biográficos do médium e a maneira como ele produziu os textos", explica o Dr. Alexandre Caroli.

Diz a Dra. Weiler que "A obra psicográfica de Chico Xavier apresenta informações muito detalhadas e específicas dos autores aos quais as obras são atribuídas, muitas vezes de conhecimento apenas do falecido autor." E ela completa: "No nosso ensaio, tentamos mostrar exemplos dessas informações inacessíveis a Chico Xavier para fortalecer a hipótese de uma existência de vida após a morte."

Casseb destaca que "o concurso permitiu chamar a atenção para um tema que é normalmente ignorado na grande maioria dos centros de pesquisa. Ao promover o concurso, o empresário americano ligou os holofotes sobre um tema controverso para a ciência, mas de um interesse imensurável para a sociedade, que é a continuidade (ou não) de alguma forma de personalidade humana."

Chico Xavier

O PDF do ensaio "Mediumship as the Best Evidence for the Afterlife: Francisco Candido Xavier, a White Crow" (A Mediunidade como a Melhor Evidência da Vida Após a Norte: Francisco Candido Xavier, um Corvo Brancoestá disponível aqui.

Nossas congratulações aos nossos conterrâneos pelo belo trabalho.

Fontes:

BICS
Correio Fraterno - edição nov-dez, 2021


2 comentários:

  1. Parabéns a equipe Brasileira pelo belíssimo trabalho.
    Domingos Caselli
    Crato - CE

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a equipe brasileira e a todos que se empenharam em demonstrar a existência da vida pós morte.

    ResponderExcluir